Carlo Tavecchio venceu a disputa contra o ex-meio-campista Demetrio Albertini e foi escolhido para suceder Giancarlo Abete

Carlo Tavecchi, novo presidente da Federação Italiana de Futebol
Getty Images
Carlo Tavecchi, novo presidente da Federação Italiana de Futebol

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) elegeu nesta segunda-feira seu novo presidente. Carlo Tavecchio venceu a disputa contra o ex-meio-campista Demetrio Albertini e foi escolhido para suceder Giancarlo Abete, que renunciou ao cargo após a eliminação da Itália na primeira fase da Copa do Mundo deste ano.

Tavecchio, de 71 anos, obteve 63,33% dos votos, contra 33,95% de Albertini. 274 delegados participaram da votação.

Como vice-presidente da FIGC, Tavecchio se envolveu em uma grande polêmica há cerca de duas semanas, quando foi acusado de racismo após fazer um comentário sobre a situação do futebol na Itália.

"Na Inglaterra, eles escolhem os jogadores com base no profissionalismo, enquanto dizemos que 'Opti Poba' (nome fictício) está aqui. Ele estava comendo bananas antes e agora está como titular da Lazio e tudo bem", afirmou o dirigente.

As palavras de Tavecchio revoltaram parte da opinião pública italiana, e algumas pessoas pediram a destituição do dirigente. A Gazzetta dello Sport publicou um editorial em que sugeria que Tavecchio desistisse de disputar a eleição desta segunda-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.