Técnico do time paranaense admite que esperava um resultado melhor do que o empate de 1 a 1 contra o Fluminense

O empate em 1 a 1 diante do Fluminense , no Maracanã, foi bem aceito pelos jogadores do Coritiba , já que o time precisa somar pontos na luta contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e, de quebra, conseguiu emendar uma sequência de partidas sem derrotas. O técnico Celso Roth, no entanto, esperava um resultado melhor após a atuação da equipe, que teve bons momentos durante os 90 minutos.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

"O Coritiba teve uma movimentação muito boa, mas errou alguns passes bobos no primeiro tempo, o que nos causou problemas, mas eu acredito que nós fomos superiores durante toda a partida. O Coritiba merecia ter saído daqui com um resultado muito melhor", analisou o comandante coxa-branca, que destacou o momento de estabilidade dentro da competição. "Estamos com uma sequência muito boa, tanto tática quanto tecnicamente, porém, estamos pecando nas finalizações", completou.

Porém, alguns erros persistem e mais uma vez o Alviverde tomou um gol que teve inicio em jogada de bola parada, sina que o técnico Celso Roth espera reverter com trabalho. "Isso vem nos perseguindo. A gente trabalha bastante. Mas credito o gol do Fluminense pelo momento do contra-ataque, com uma sequência de chutes, e a rapidez e a qualidade do Fluminense do que a jogada de bola parada", disse o técnico, que acredita que o lance foi crucial para o empate. "Foi mais um erro coletivo que nós cometemos. E poderíamos estar aqui com a vitória", acrescentou.

E mais: Fluminense cede empate ao Coritiba e perde chance de encostar na liderança

O treinador também falou sobre a situação de Keirrison, que tem iniciado no banco e entrado para atuar apenas um tempo, como voltou a acontecer diante dos cariocas, e revelou um a preocupação com a integridade física do K-9. "Colocamos o Keirrison. E temos que entender que ele fez quatro cirurgias. Temos que ter cuidado com ele. Ele ainda tem alguns relances que não controla bem, que não tem força para controlar. Em 45 minutos ele rende dentro de suas condições, que é de um jogador acima da média. Temos que usá-lo no momento correto", afirmou.

Agora o foco é a Copa do Brasil, com jogo no Norte do país, no meio de semana, diante do Paysandu. Os atletas passaram por uma avaliação física, mas Alex, que sentiu dores, está vetado e volta para a capital paranaense. "O Robinho está bem. O Alex volta para Curitiba, porque senão seria uma incoerência. Vamos direto para Marabá encarar o Paysandu. Vamos sabendo das dificuldades, mas com entusiasmo para buscar a classificação", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.