Treinador assume responsabilidade pela derrota no clássico, mas pede calma para o restante do Campeonato Brasileiro

Luiz Felipe Scolari comanda a equipe na sua volta ao Grêmio
Lucas Uebel/Getty Images
Luiz Felipe Scolari comanda a equipe na sua volta ao Grêmio

Apesar da derrota no clássico para o Internacional neste domingo, a atuação do  Grêmio no primeiro tempo agradou o técnico Luiz Felipe Scolari. O treinador falou em dar continuidade ao time que entrou em campo, assumiu a responsabilidade pelo mau resultado, mas pediu calma, pois o Campeonato Brasileiro ainda está nos primeiro turno.

"O primeiro tempo me deixou satisfeito. No trabalho desta semana, o máximo que devo mudar é um jogador e olhe lá, gostei muito. Temos é que cuidar dos detalhes para não tomarmos os gols que temos tomado. Uma das coisas que precisa mudar no Grêmio é que quando o time toma o gol o mundo desaba. Hoje tinha muito jogo pela frente, tempo para jogar, recuperar. É uma questão anímica, que em sete dias não tem como mudar na mentalidade de um grupo", explicou Scolari.

Veja fotos dos jogos desta rodada do Brasileirão

Em relação à sequência de nove Gre-Nais sem vitória, Felipão assumiu a culpa pelo jogo deste domingo, mas deu mais importância ao panorama do campeonato que ao clássico em si: "Perdi esse, mas dos outros não posso falar nada. Respondo por mim. O Gre-Nal é importante, modifica uma estrutura, mas pelo que nós fizemos não dá para ficar desesperado porque perdemos esse jogo. Temos mais de 20 jogos pela frente no Brasileiro, e precisamos tirar lições para acrescentarmos ao nosso trabalho desta semana e melhorar", projetou o técnico.

Estacionado nos 19 pontos e em 11º lugar no Brasileirão, o Grêmio terá agora cinco dias para trabalhar até a partida do próximo domingo, contra o Criciúma, jogo que marcará a estreia de Felipão na Arena. O grupo ganhará folga nesta segunda e se reapresenta na terça-feira. 

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.