Além de flertar com a zona do rebaixamento, clube carioca tem receitas penhoradas e não paga salários do elenco há 3 meses

Botafogo vem de empate com o Cruzeiro
WAGNER MEIER / Agif/Gazeta Press
Botafogo vem de empate com o Cruzeiro

Em um momento conturbado da temporada, com 100% das receitas penhoradas e com o elenco sem receber salários há três meses, o Botafogo tenta afastar a crise neste domingo. Às 16 horas (de Brasília), visita o Atlético-PR , pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada.

Com 13 pontos ganhos, o clube carioca flerta com a zona de rebaixamento e precisa da vitória para se distanciar. Enquanto isso, o time paranaense soma 19 e tenta reagir após perder os dois últimos compromissos.

Com a crise já instaurada, os jogadores se apegam ao que resta de positivo para lutar pelo triunfo. A boa atuação - que culminou com o empate contra o líder Cruzeiro - é o fator principal para motivar os atletas a brigar pelos três pontos.

"Ficamos satisfeitos pela melhora que apresentamos dentro de campo e pelo progresso que conseguimos mostrar. Aos poucos as coisas vão se encaixando e o Vagner Mancini vai conseguindo deixar ainda mais visível seu trabalho. O grupo nunca deixou de acreditar e estamos cientes de que podemos fazer uma grande campanha", disse o volante Gabriel.

Atlético-PR perdeu do Atlético-MG na última rodada
Ander Yanckous/Gazeta Press
Atlético-PR perdeu do Atlético-MG na última rodada

Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Atlético-PR joga de portões fechados, em decorrência da confusão com o Vasco no ano passado, na Arena Joinville. "Sinceramente, mesmo jogando fora de casa, é sempre muito gostoso quando tem o torcedor adversário. Na situação que a gente se encontra, acaba sendo importante, porém, isso acaba melhorando a comunicação dentro de campo", analisou o beque Bolívar.

Da mesma forma, a vitória é a única opção para o Atlético-PR, segundo os próprios jogadores do elenco. "As coisas não aconteceram conforme o esperado contra o Fluminense e o Atlético-MG, mas podemos voltar a encontrar o caminho dos triunfos. Temos que reagir", disse o técnico Doriva.

O comandante, inclusive, planeja mudanças na equipe principal. O goleiro Weverton voltará às traves, após cumprir suspensão. O lateral direito Mário Sérgio assume o lugar de Sueliton, suspenso. O atacante Douglas Coutinho, artilheiro da equipe, perde a vaga para Bady.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X BOTAFOGO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 10 de julho de 2014 (Domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Alexandre Kleiniche (RS)

ATLÉTICO-PR : Weverton, Mário Sérgio, Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid, João Paulo, Bady e Marcos Guilherme; Marcelo e Cléo
Técnico: Doriva

BOTAFOGO: Jéfferson, Lucas, Dória, Bolívar e Junior Cesar; Aírton, Gabriel, Edilson e Carlos Alberto; Rogério e Emerson Sheik
Técnico: Vagner Mancini

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.