Para o treinador, a equipe teve as melhores chances de gol diante do Corinthians e perdeu e por uma fatalidade

O técnico Oswaldo de Oliveira não se abalou com a derrota do Santos, por 1 a 0, no clássico diante do Corinthians, na Vila Belmiro, neste domingo. Para o treinador, a equipe teve as melhores chances de gol e por uma fatalidade acabou saindo derrotada. Ele ainda lembrou que seus comandados jogaram a etapa final inteira com um homem a menos e projetou uma evolução da equipe com a melhora da forma física de Robinho.

"O Santos criou as melhores oportunidades. No segundo tempo, com a falta de um homem naturalmente as coisas começaram a ficar ruins. Compreensível. O Corinthians acabou fazendo o gol. Antes, porém, o Santos acabou criando várias chances de gol. Foram três só no segundo tempo. Eu tenho visto nos visto muito bem. Mesmo na derrota, me deixa muito otimista", analisou o técnico.

No entanto, as coisas não estão tão boas para a equipe da Vila Belmiro, já que não vence há duas rodadas e terá uma difícil missão pela frente: parar o líder Cruzeiro, no Mineirão, em Belo Horizonte. Oswaldo discorda.

"Perdemos para Fluminense e Internacional na mesma situação: adversários de altíssima qualidade e que fatalmente vão disputar o titulo do Brasileiro. Mesmo assim, impomos nossa forma de jogar e acredito muito que com a evolução de jogadores importantes caminharemos muito bem na reta final", finalizou o comandante alvinegro.

O atacante Gabriel, o volante Alison e o zagueiro David Braz serão as baixas na equipe para o próximo compromisso fora de casa. Os dois últimos estão suspensos e o primeiro está servindo à Seleção Brasileira Sub-20.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.