Meia contundiu o tornozelo direito em disputa de bola com o peruano Ramírez e foi encaminhado diretamente ao vestiário

Carlos Alberto não deverá perder o confronto com o Atlético-PR, neste domingo
Divulgação
Carlos Alberto não deverá perder o confronto com o Atlético-PR, neste domingo

Na manhã deste sábado, o Botafogo finalizou, no campo anexo do Engenhão, sua preparação de olho na partida contra o Atlético-PR, neste domingo, às 16h, na Arena da Baixada. O técnico Vagner Mancini comandou apenas um recreativo. Porém, o treinador teve uma surpresa desagradável: Carlos Alberto, em disputa com Ramírez, machucou o tornozelo direito e teve de ser levado direto para o vestiário.

O meia terá de realizar tratamento até o momento do jogo, mas a tendência é que não seja um desfalque para o Botafogo. Ele ainda está confirmado para a viagem a Curitiba, no começo desta tarde. Caso o jogador não tenha condições de atuar, Mancini tem como opções Zeballos e o recém-chegado Ramírez.

Emerson Sheik, com incômodo no pé, não participou do trabalho no campo e ficou na academia fazendo tratamento, mas não será ausência para o duelo contra o time paranaense. Já o volante Marcelo Mattos, que se recuperou de problema no quadril, não treinou nos últimos dois dias e não viajará com o grupo, assim como Tanque Ferreyra, mas, nesse caso, por opção do técnico.

Mesmo com a chuva, o rachão foi animado, com brincadeiras entre os jogadores. Como parte delas, o time vencedor escolheu o pior em campo, o atacante Wallyson, que marcou um gol contra. Como "punição", ele teve de levar um troféu para o vestiário.

Neste domingo, o Botafogo deve ir a campo na Arena da Baixada com Jefferson, Lucas, Bolívar, Dória e Junior Cesar; Airton, Gabriel, Edilson e Carlos Alberto; Rogério e Emerson Sheik.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.