"É como em tudo na vida. Nunca devemos dizer nunca, alguma coisa sempre pode surgir de maneira inesperada", disse Lahm

Em entrevista à imprensa inglesa, o lateral Philipp Lahm voltou a dizer que não defenderá mais a seleção alemã de futebol. O jogador foi o capitão do time na conquista do tetracampeonato Mundial na Copa do Mundo de 2014 , no Brasil.

Desta vez, no entanto, o atleta do Bayern de Munique não descartou totalmente as chances de algum dia voltar a vestir a camisa da equipe nacional. "É como em tudo na vida. Nunca devemos dizer nunca, alguma coisa sempre pode surgir de maneira inesperada. Mas, neste momento, descarto qualquer possibilidade de voltar", disse à Sky Sports.

Dias depois da conquista do tetra no Brasil, o lateral-direito de 30 anos surpreendeu ao anunciar sua precoce aposentadoria da seleção alemã em uma carta aberta no site da federação local de futebol.

Lahm defende a Alemanha desde 2004, quando, aos 20 anos, foi titular absoluto da equipe que disputou a Eurocopa daquele ano, realizada em Portugal. Desde então, foram 113 partidas no time, com cinco gols marcados, participando de mais duas Eurocopas e de três Copas do Mundo. O jogador assumiu a faixa de capitão após o Mundial de 2010, com a aposentadoria de Michael Ballack.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.