Meia, que deverá voltar a jogar no Morumbi no próximo domingo contra o Vitória pelo Brasileirão, vê time tricolor perto do Cruzeiro e elogiou Ganso, parceiro de meio de campo

O meia Kaká deverá ser a grande atração do São Paulo na partida do próximo domingo contra o Vitória. Fazendo sua estreia no Morumbi nessa segunda passagem pelo clube, o craque admitiu que a ansiedade é grande e que, em sua opinião, o time tricolor tem condições de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro .

Leia:  Muricy ensaia time sem Maicon e com Kaká para jogo do São Paulo contra o Vitória

“Vejo o São Paulo com um excelente plantel, para brigar pelas primeiras posições. O futebol brasileiro ainda tem essa possibilidade com a janela (de transferências) aberta, jogadores chegando e outros saindo, faz com que o São Paulo tenha a possibilidade de trazer algum outro jogador ou negociar alguém da casa. Então, essa é minha opinião”, afirmou Kaká.

“O principal é o grupo estar muito forte. Você não ganha com 11, 12 jogadores. Você ganha com 16, 17, 20 jogadores. Então o mais importante agora é fazer esse grupo cada vez mais forte”, explicou o atleta.

Leia:  Denilson revela oferta do Benfica, mas diretoria do São Paulo desmente o jogador

Além do Vitória, o time paulista irá desafiar no domingo uma sequência de três partidas sem vitórias no Brasileirão. A equipe perdeu para Chapecoense e Goiás e empatou com o Criciúma. E a escalação do camisa 8 é a principal esperança da torcida são-paulina.

“Eu me cobro bastante e sinto do grupo essa cobrança. Vejo que os jogadores estão incomodados com essa não sequencia de vitórias. A gente perdeu pontos e sabe que nao pode mais acontecer. Hoje a gente está a nove pontos do Cruzeiro, a quatro do Corinthians, o último da zona da Libertadores. Não estão tão longe. Se a gente engrenar e manter uma sequência de bons resultados, dá para alcançar as primeiras posições”, disse o meia.

“Eu também vivo essa expectativa da estreia. Não vejo a hora e espero que aconteça no domingo, pois tenho feito uma boa semana de treinos”, completou o jogador.

Parceria com Ganso

Diante do Vitória, a tendência é que Kaká forme a dupla criativa do meio de campo com Paulo Henrique Ganso. Questionado sobre as qualidades do parceiro e também sobre a necessidade de disciplina tática para a equipe, que terá ainda Alexandre Pato e Alan Kardec no ataque, o ídolo são-paulino elogiou, mas se mostrou ciente da necessidade de ajudar defensivamente.

“Estamos buscando esse entrosamento nos treinos e nos jogos. No jogo contra o Goiás foi legal a respeito, porque tudo aquilo que o Muricy tem passado para a gente em relação a organização tática dando essa possibilidade de variação. Então eu troco com ele de lado e depois voltando e se reorganizando. Esse entrosamento a gente está conquistando aos poucos e não é difícil, porque o Ganso é um jogador muito inteligente. O Ganso, eu tenho ele como uma referência também. É um fora de série e tem um talento incrível”, falou Kaká.

“Com relação à formação, o Muricy está passando o que deseja taticamente e depois dá liberdade pra que a gente tenha mobilidade para trocar de posições, mas também respeitar claro disciplina tática na marcação. Os atacantes vão ter que ajudar no sistema defensivo”, alertou o camisa 8.

A partida entre São Paulo e Vitória será às 18h30 do próximo domingo, no Morumbi, e vale pela 14ª rodada do Brasileirão. O clube paulista é o sétimo colocado na competição,com 20 pontos. Os baianos, com 14, estão no 15º lugar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.