Atacante foi vaiado mais uma vez por palmeirenses na vitória sobre o Avaí. Mouche entrou em seu lugar e fez o gol do triunfo

Leandro foi vaiado por torcedores nesta quarta-feira, contra o Avaí
Wagner Carmo/Inovafoto/Gazeta Press
Leandro foi vaiado por torcedores nesta quarta-feira, contra o Avaí

A saída de Leandro foi comemorada como um gol pelos torcedores do Palmeiras nesta quarta-feira e Mouche, seu substituto, garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Avaí. Mas Leandro, apesar de ter perdido duas chances claras e conviver com vaias há meses, está certo de que jogou bem e que satisfaz Ricardo Gareca.

"Por mais que eu faça tudo, a torcida quer o gol. Estou bem tranquilo em relação a isso. Se tiver que vaiar, pode vaiar. Se tiver que aplaudir, pode aplaudir também. Estou bem tranquilo", disse, realmente sem demonstrar nenhum desânimo com o que apresentou em campo e com os xingamentos dos torcedores.

"Joguei bem. A bola não entrou, mas, fora isso, joguei bem, ajudei o time. Tenho certeza que o professor está satisfeito com o que fiz", falou, apoiando-se no que ouviu do treinador. "Ele já falou comigo, demonstrou que tem confiança em mim e fico bastante feliz. Creio que estou correspondendo dentro de campo."

O argentino realmente o elogiou, mas sem garantir sua titularidade. "O Leandro é jovem, talentoso, creio nele. É um jogador muito importante para o time, necessito que esteja sempre bem, mas não garanto a titularidade a nenhum jogador. Eles sabem disso", afirmou Gareca.

Leandro, ao menos, acha que não precisa melhorar muito, mesmo ao lembrar que, livre na entrada da pequena área, isolou a bola no primeiro tempo e, na etapa final, de frente para o goleiro, finalizou em cima de Vagner.

"Faltou caprichar um pouco mais. No segundo lance, errei o domínio e acabei me complicando. No primeiro, bati um pouco forte na bola e ela acabou subindo", falou, também sem se incomodar por ver Mouche entrar no seu lugar e fazer o gol da vitória. "O time se comportou bem. Quem entrou, ajudou, é isso que o professor quer", simplificou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.