Luciano deve ser escalado como titular no ataque, enquanto Guilherme Andrade e Ferrugem disputam vaga na lateral

A possibilidade de Nilmar ficar livre no mercado animou o técnico Mano Menezes. O El Jaish anunciou o desligamento do atacante, que contesta a informação por querer receber o dinheiro que lhe cabia até o fim do contrato com o clube do Catar. Seja como for, o Corinthians está atento à situação.

Mano Menezses ainda não trabalho com o grupo fechado e deslumbra contratações
Mauor Horita/ Agif/Gazeta Press
Mano Menezses ainda não trabalho com o grupo fechado e deslumbra contratações

"Penso que o Nilmar se encaixaria na maioria dos clubes brasileiros. Estou entre a maioria dos treinadores que gosta do futebol dele, porque gostamos de grandes jogadores. É o que se pode falar agora", afirmou o comandante alvinegro, que, velho conhecido do atleta, negou ter telefonado para ele.

"Embora eu tenha relação com o Neymar (sic) desde o ano 2000 - como técnico do juvenil do Inter, encontrei o jogador no Matsubara -, não tenho o hábito de fazer isso. Gosto de respeitar os trâmites normais. Se a gente tem possibilidade de trazer um jogador de qualidade, penso que o clube deve fazer contato com o representante."

Hoje com 30 anos, Nilmar defendeu o Corinthians entre 2005 e 2006, sendo figura importante na conquista do Campeonato Brasileiro. O atacante representou, no entanto, dívidas que ultrapassaram os R$ 25 milhões por uma série de erros administrativos e batidas de cabeça com a parceira MSI.

O pai do jogador já se manifestou sobre a possibilidade de retorno à equipe do Parque São Jorge, dizendo que o filho não veria problema nisso. Na briga pelo atleta, a diretoria alvinegra encontrará concorrentes no Brasil, sendo o principal deles outro dos ex-times do atleta, o Internacional.

Mano confirma desfalques e prepara mudanças na equipe

"Eu vim aqui para contar o que vou fazer, não precisa adivinhar", brincou Mano Menezes, pouco antes de comandar um treinamento fechado no CT do Parque Ecológico. Mantendo algumas dúvidas, o técnico do Corinthians confirmou as ausências de Lodeiro, Jadson e Guerrero na partida de quarta-feira, contra o Bahia, em Salvador.

Como a equipe alvinegra abriu 3 a 0 no jogo de ida e encaminhou sua classificação às oitavas de final da Copa do Brasil, é possível ser cauteloso com os atletas com problemas físicos. Lodeiro, que ainda não estreou, cortou o pé em um acidente no banho. Jadson e Guerrero, com problemas musculares, trabalharão para voltar no clássico de domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro.

"É impossível jogar um jogo pensando no outro jogo. Você acaba não fazendo bem a primeira partida, e a primeira partida pode influenciar diretamente a segunda. Conhecemos bem o futebol e temos que confirmar classificação. Sabemos que ela está bem encaminhada, mas precisa ser concretizada em Salvador. Vamos levar todos os jogadores que estão em condições", disse Mano.

De acordo com o gaúcho, nenhum jogador pediu para descansar. Ele preferiu não divulgar a escalação, embora não haja maiores dúvidas em relação à entrada de Renato Augusto no lugar de Jadson. No ataque, ainda sem Guerrero, é possível que Romarinho, que teve uma atuação ruim no último final de semana, perca a vaga de titular para Luciano.

Mais provável ainda é uma mexida na lateral direita, já que Fagner está suspenso da partida contra o Santos. Na tentativa de ajeitar o time para o clássico, Mano deverá observar Guilherme Andrade ou Ferrugem contra o Bahia. O primeiro, que entrou na partida do último domingo, tem certo favoritismo em relação ao segundo, que está voltando de contusão no joelho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.