Volante diz que "não quer mais cair" para a Série B e aconselha o clube não deixar de lado nenhuma competição. Time disputa simultaneamente a Copa do Brasil

De volta à Série A do Campeonato Brasileiro em 2014, após um ano disputando a segunda divisão nacional, o Palmeiras quer se prevenir contra um novo fracasso. O volante Wesley, que está no elenco desde 2012 e fez parte do segundo rebaixamento da história do clube (o primeiro foi em 2002), acredita que a equipe comandada pelo argentino Ricardo Gareca deve priorizar a disputa do Brasileirão.

Wesley liga o sinal de alerta no Palmeiras
Divulgação
Wesley liga o sinal de alerta no Palmeiras

"Gosto de ganhar qualquer tipo de jogo, não podemos deixar nenhuma competição de lado, mas, no Campeonato Brasileiro, temos que estar mais atentos. É um campeonato no qual o Palmeiras chegou a cair para a segunda divisão e não queremos mais isso. Temos que suprir todas as necessidades para permanecer na primeira divisão", disse Wesley após o empate por 1 a 1 contra o Vitória, neste domingo.

Sem vencer há quatro rodadas - desde a volta após a pausa para a Copa do Mundo e a estreia de Gareca -, o Palmeiras ocupa a 14ª colocação, com 14 pontos - três a mais que o Coritiba, primeiro time da zona de rebaixamento."É passo a passo. Estamos em uma situação delicada e, primeiro, temos que sair dela para, depois, pensar em uma situação melhor. Temos que viver a nossa realidade, que não é tão boa, e sair dela para pensar em algo mais produtivo", afirmou Wesley.

Depois de enfrentar o Avaí, nesta quarta-feira, no Pacaembu, pelo jogo de volta da terceira rodada da Copa do Brasil, o Palmeiras terá uma sequência de jogos complicada pelo Brasileiro: Atlético-MG em Belo Horizonte, clássico contra o São Paulo no Pacaembu e Sport na Ilha do Retiro.

"Tivemos uma vitória na Copa do Brasil (2 a 0 contra o Avaí, na Ressacada) e outra contra a Fiorentina (1 a 0, pela Copa EuroAmericana), mas precisamos voltar a ganhar no Brasileiro. Com garra, vontade e, principalmente, humildade, podemos melhorar", completou Wesley.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.