Volante do São Paulo rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e terá de passar por cirurgia. O tempo de recuperação é de seis meses e ele não joga mais em 2014

Depois de ter recebido a notícia de que não defenderá mais o São Paulo nesta temporada, Rodrigo Caio tentou se acostumar com a ideia, enquanto iniciou o tratamento por conta da ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo . Apesar de saber que ficará longe dos gramados por um período entre seis e oito meses, o jogador manifestou a confiança em voltar mais maduro aos gramados.

Leia também:  Depois de susto, Álvaro Pereira é liberado para treinar no São Paulo na terça

Rodrigo Caio passará por cirurgia no joelho
Reginaldo Castro/Gazeta Press
Rodrigo Caio passará por cirurgia no joelho

"Estou muito triste, porque é algo inesperado, principalmente nesse momento da minha carreira. Mas minha cabeça está tranquila, sei que agora vou ter que ter muita paciência, vou fazer um esforço para voltar bem e ainda melhor. Tenho que levantar a cabeça, sei que Deus vai me proteger e me dar muita força para superar tudo isso", afirmou o atleta, ao site do clube.

Rodrigo Caio sofreu a lesão durante a partida contra o Criciúma, na noite de sábado, mas só passou por uma ressonância magnética nesta segunda-feira, e o exame detectou a ruptura. O jogador vinha de uma temporada importante, pois, além de ser titular absoluto do São Paulo, improvisado como zagueiro, ganhou o prêmio de melhor atleta do Torneio de Toulon, pela Seleção Brasileira sub-21.

Nesta segunda-feira, o atleta fez tratamento no Reffis, mas terá de passar por cirurgia no joelho. Durante o início do tratamento, Rodrigo Caio lembrou que já superou outra grave lesão na carreira, já que, quando ainda estava na equipe juvenil, fraturou a patela.

"Acredito muito na minha força. Já passei por uma lesão muito grave e não vai ser mais uma lesão que vai me abater e deixar que eu não realize meus sonhos. Acredito que todas as pessoas que gostam de mim vão rezar e torcer por mim, e isso me dará ainda mais força para superar esse momento", comentou.

O jogador, de 20 anos, promete acompanhar de perto as partidas do São Paulo assim que possível neste restante de temporada. "Estarei torcendo sempre, podem ter certeza de que quando me recuperar, começar a andar, vou estar sempre com o grupo, acompanhando os jogos. Estou muito confiante de que vamos dar uma reviravolta e chegar lá em cima, brigando pelo título do Campeonato Brasileiro", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.