Técnico disse que equipe não jogou nada na primeira etapa, o que prejudicou uma possível reação ao longo do confronto

Ricardo Drubscky, técnico do Goiás, não gostou da última apresentação da equipe
Getty Images
Ricardo Drubscky, técnico do Goiás, não gostou da última apresentação da equipe

A derrota para o Fluminense no último fim de semana afastou o Goiás da briga pelas primeiras posições na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Insatisfeito com a atuação de sua equipe, o técnico Ricardo Drubscky creditou o revés à atuação irregular dos titulares, fugindo do padrão tático adotado nas últimas rodadas.

"Acontece. Às vezes, as coisas não saem bem. O primeiro tempo não jogamos, principalmente após o segundo gol. Por isso, o Fluminense mereceu vencer, mas no segundo tempo poderíamos ter feito um gol e, talvez assim, o placar teria sido o mais justo", analisou o treinador, após a derrota por 2 a 0.

De olho no atacante Samuel, a diretoria ainda busca mais reforços para compor o elenco goiano. Mesmo contente com o que tem em mãos, Drubscky acredita que ter mais peças facilitará uma boa campanha no Brasileirão e espera que o novo jogador seja anunciado o mais breve possível.

"É um elenco que tem qualidade e é bastante promissor. Eu pedi algumas contratações para dar mais experiência e ‘cancha’ ao grupo, mas confio bastante nos jogadores que tenho. São jovens, com vontade e com certeza são capazes de suportar uma Série A e trazer coisas boas. Se o Samuel vier, ótimo para nós", disse.

O próximo compromisso é contra o Bahia, no sábado, às 18h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.