Tamanho do texto

Apesar das cobranças da torcida, Pato deve ser titular mais uma vez diante do Vitória. Já Luis Fabiano ainda não tem data definida para retornar ao elenco do São Paulo

Pato atuou pelo São Paulo no empate diante do Criciúma no Maracanã
Rubens Chiri/São Paulo
Pato atuou pelo São Paulo no empate diante do Criciúma no Maracanã

O atacante Alexandre Pato foi titular do São Paulo diante do Criciúma e, se recebeu críticas da torcida pelas chances perdidas durante o empate no Morumbi , foi elogiado pelo técnico Muricy Ramalho. E o comandante ainda indicou que ele deve seguir no time na próxima partida, contra o Vitória. 

Leia mais: Ceni falha, e São Paulo cede empate ao Criciúma no Morumbi

"Ele está produzindo e não é uma questão de sorte, mas sim de ter mais tranquilidade para fazer os gols. Ele se mexeu, deu trabalho, criou e acho que foi o que mais finalizou, não dá para reclamar dele. Pelo que jogou hoje (sábado), deve iniciar contra o Vitória. Claro que teremos uma semana toda de treinamento, mas mostrou que quis mais. Isso é importante", afirmou Muricy. 

E ainda: Álvaro Pereira vai a hospital e Rodrigo Caio precisa de reavaliação no São Paulo

Já Alexandre Pato disse que a torcida tem direito de reclamar e cobrar, mas que irá dar atenção aos avisos do técnico. "O que me incomodou foi que eu errei. A torcida tem direito de gritar o que quiser, mas tenho de fazer o máximo pelo time. Infelizmente, tentei e a bola não entrou. Nos próximos jogos, vou tentar fazer o gol de novo. Sou jogador e aceito todas as cobranças, até mesmo da torcida. Mas a que vou escutar é do treinador e do time", comentou. O jogador teve, ao menos, duas chances desperdiçadas no empate por 1 a 1 contra o Criciúma. 

Ainda sem ter conseguido se firmar no Morumbi - essa foi a segunda partida seguida como titular - o jogador negou que saiba de alguma nova proposta do futebol italiano ao Corinthians, que é o dono de seus direitos. "Não sei sobre o mercado. Eu tenho só que fazer meu trabalho dentro de campo e deixo que Corinthians e São Paulo decidam fora", completou o atacante, emprestado ao Tricolor até o fim de 2015.

Retorno de Luis Fabiano

A torcida gritava o nome de Luis Fabiano enquanto cobrava Alexandre Pato. No entanto, o dono da camisa 9 tricolor ainda não deve ser liberado para encarar o Vitória, mais uma vez no Morumbi. 

Leia também: Ceni diz que bola escapou das mãos, mas Muricy aponta falha geral do São Paulo

"Ele está entregue aos preparadores físicos, mas é difícil (voltar no próximo jogo), pelo tipo de contusão que teve. É complicado retornar sem um reforço muscular, não iria adiantar. Ele já voltou e sentiu, e fica difícil fazer uma previsão de jogo agora, até porque não foi a campo ainda", afirmou Muricy Ramalho.

Luis Fabiano sofreu uma lesão na coxa direita durante a intertemporada realizada pelo São Paulo nos Estados Unidos. Quando estava em fase final de recuperação, preparando-se para atuar contra a Chapecoense, o jogador teve um novo problema muscular na coxa direita e acabou vetado

.Assim como Muricy, o médico do clube, José Sanchez, também acha prematuro pensar em um retorno contra o Vitória. "Ele está completando a segunda semana de recuperação. Temos de aguardar um pouco e esperamos que evolua bem, mas não posso precisar o tempo", declarou.

As lesões musculares neste segundo semestre contrastam com a boa sequência de jogos que o atacante teve nos primeiros meses do ano, quando foi até elogiado por Muricy Ramalho por sua presença nas partidas.

*com Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.