Tamanho do texto

Mesmo sem vencer o Botafogo no Maracanã, o técnico Marcelo Oliveira avaliou o deseé o fim para somar mais um triunfo.

Mesmo sem vencer o Botafogo no Maracanã , o técnico Marcelo Oliveira avaliou o desempenho do Cruzeiro satisfatoriamente no duelo deste sábado. Segundo ele, o time errou no gol carioca, mas mostrou poder de reação para perseguir o empate e lutar até o fim para somar mais um triunfo.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"O Cruzeiro teve as melhores chances. Infelizmente, marcamos mal na jogada do gol do Botafogo. Tivemos uma reação muito boa, isso é positivo. Buscamos o gol, foram várias finalizações. Os números foram bons, a reação foi boa. A gente lamenta porque viemos para cá para ganhar o jogo, como o Cruzeiro sempre tem feito. Não deu", lamentou o treinador, que valorizou o ponto conquistado.

"Acho que ficou de bom tamanho.. Teremos o Botafogo no Mineirão. A gente tem uma matemática em um campeonato por pontos corridos como esse: ou ganhamos seis pontos ou quatro (contra o mesmo adversário), como a gente vai tentar lá no Mineirão", disse Marcelo Oliveira, que também falou sobre a atuação da arbitragem.

"Não sou de reclamar tanto assim da arbitragem, principalmente no momento do jogo. Mas temos que registrar duas situações. Primeiro, a falta de critérios em relação às faltas. Algumas jogadas de corpo são falta, outras não, situações de vantagem para o Cruzeiro. Teve três jogadores caídos no primeiro e foram dois minutos. E aconteceu de tudo um pouco no segundo e foram três minutos, depois ele ainda acrescentou mais um. Eu não quero acréscimo para mim, nem para o Cruzeiro. Quero acréscimo para o jogo", desabafou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.