Tamanho do texto

Goleiro do Palmeiras ainda se recupera de uma cirurgia no cotovelo direito e trabalha voltar aos gramados na segunda quinzena deste mês. Fábio tem sido o titular na posição

Fernando Prass já matou a saudade de treinar com luvas, mas ainda precisa passar por mais uma etapa antes de voltar a ficar à disposição. O goleiro treina com bola usando as mãos, porém, sem cair para fazer defesas. O veterano do Palmeiras aguarda liberação médica para testar ações de impacto com o cotovelo direito, fraturado e operado em maio.

Prass trabalha fisicamente há mais de um mês e só vinha treinando com bola usando os pés. Nesta semana, voltou a vestir luvas e tem aval para esticar o braço para o alto ao executar defesas. Precisará de mais tempo para testar seus reflexos e se jogar no gramado, ação constante para atletas de sua posição.

O goleiro ainda tem que fortalecer a musculatura do braço direito para amortecer o cotovelo em ações mais bruscas. Na próxima quarta-feira, passará por nova avaliação médica e deve ser liberado para exercícios de impacto. O aumento na exigência dos treinos, contudo, ocorrerá gradualmente.

Fora dos gramados desde 4 de maio, quando fraturou o cotovelo direito durante derrota para o Flamengo, Prass deve voltar a jogar somente na segunda quinzena deste mês. Por enquanto, vê Fábio como titular no gol, com Deola e Bruno como opções no banco, e o volante Wesley usando a faixa de capitão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.