Clube divulgou uma nota na qual entende que não houve falta de segurança no clássico com o Corinthians e afirma não ter como impedir ações individuais dos torcedores

Depois do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) apresentar uma denúncia contra o Corinthians e Palmeiras em decorrência aos danos nas cadeiras da Arena Corinthians, o clube alviverde se manifestou e negou ter recebido qualquer tipo de intimação do tribunal.

Palmeirenses quebraram 258 cadeiras no clássico com Corinthians
Jorge Nicola
Palmeirenses quebraram 258 cadeiras no clássico com Corinthians

Em nota publicada no site na noite desta quinta-feira, o Palmeiras disse que entende que não houve problemas de segurança, mas que vê como "impossível controlar a ação individual dos torcedores".

A alegação da procuradoria é que ambos clubes infringiram o artigo 213 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) ao não impedirem que os torcedores quebrassem os assentos. A punição pode acarretar multas de até R$ 100 mil e perda de mandos de campo de até dez jogos do Brasileirão.

Nesta quinta-feira, o diretor de futebol do Corinthians, Ronaldo Ximenes , se irritou ao saber do assunto e afirmou. "O STJD adora aparecer. E vai aparecer em cima dos grandes, do Corinthians, do maior clube do Brasil. O Corinthians dá Ibope. Se o STJD levar isso a sério, será motivo de parar nos órgãos regulam a disciplina".

Leia abaixo a nota na íntegra divulgada pelo Palmeiras:

"Com relação à suposta denúncia do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) sobre as cadeiras que foram quebradas no último clássico entre Palmeiras e Corinthians, a Sociedade Esportiva Palmeiras informa que ainda não recebeu intimação a respeito do caso. Entretanto, o clube entende que não houve danos ao espetáculo e que todas as providências possíveis relativas à segurança no jogo foram adotadas, seja por parte do Palmeiras, do Corinthians ou da Polícia Militar. Seria impossível controlar a ação individual dos torcedores.

O Palmeiras já suportou os prejuízos ocasionados e está trabalhando na identificação dos infratores. De qualquer forma, o clube aguardará o recebimento da denúncia para analisar como irá se posicionar".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.