"Dia muito triste para o futebol, para toda a Argentina, e para mim", postou o craque argentino nas redes sociais

De férias na Itália desde a disputa da Copa do Mundo de 2014 , quando ficou com o vice-campeonato, o atacante Lionel Messi viajou na noite desta quarta-feira rumo à Buenos Aires, a fim de acompanhar o funeral de Julio Grondona , ex-presidente da (AFA) Associação de Futebol Argentina.

O craque tinha estreita relação com o mandatário do futebol argentino. Após a notícia da morte de Grondona, na manhã de quarta-feira, o camisa 10 lamentou o fato nas redes sociais. "Dia muito triste para o futebol, para toda a Argentina, e para mim", declarou.

Além de Messi, também deve viajar para o funeral de Grondona o presidente da Fifa, Joseph Blatter, segundo a imprensa espanhola. O corpo do ex-presidente da AFA está sendo velado em Ezeiza, na Grande Buenos Aires.

Júlio Grondona faleceu aos 82 anos, vítima de complicações cardíacas. O cartola assumiu o comando da AFA em 1979, e se manteve no cargo até o dia de sua morte. Ao todo, foram 35 anos no poder do futebol argentino.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.