Cinegrafista do Esporte Interativo teve a câmera filmadora furtada após guardá-la dentro da mochila na área em que ficam apenas profissionais credenciados. Polícia foi comunicada, mas disse que não há imagens internas

A equipe do canal de televisão Esporte Interativo teve parte de seu equipamento furtado no início da madrugada desta quinta-feira no Pacaembu, depois do jogo entre Palmeiras e Fiorentina. Logo a entrevista coletiva do técnico Ricardo Gareca, os jornalistas perceberam que uma câmera havia sido retirada de dentro da mala. Apenas profissionais autorizados e credenciados têm acesso ao local.

O material furtado é uma câmera do modelo Sony EX1, que custa aproximadamente R$ 6 mil. A ocorrência ocorreu durante alguns segundos nos quais o cinegrafista Victor Carvalho se separou do equipamento para guardar um cabo dentro da mochila..

A equipe registrarou Boletim de Ocorrência em uma delegacia próxima ao estádio e já comunicou seguranças do estádio, Polícia Militar e a Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (ACEESP) sobre o caso. A equipe, por sua vez, já foi informada de que não há câmeras de segurança no local do furto, mas foram chamados para voltar ao estádio na manhã desta quinta-feira.

Diferentemente do usual, o treinador do Palmeiras não concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira nos vestiários do time mandante no Pacaembu. Por conta da exposição dos anunciantes da Copa Euroamericana, competição da qual o jogo desta noite faz parte, Gareca atendeu à imprensa na área dos visitantes.

O furto da câmera do Esporte Interativo não é o primeiro que acontece na área destinada a jornalistas no Pacaembu. Desde 2011, um laptop e câmera fotográficas já sumiram nessas dependências. Em 2012, a PM prendeu dois suspeitos de roubar equipamentos em dias de jogos no estádio.

*Com Gazeta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.