Time sofreu duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, uma delas em casa, e tenta se recuperar na temporada

Antes de ter a chance de se recuperar no Campeonato Brasileiro das inesperadas duas derrotas seguidas para rivais menores, o São Paulo voltará seu foco para outra competição completamente diferente. Às 22h desta quarta-feira, a equipe da capital paulista enfrenta o Bragantino em Ribeirão Preto, pela terceira fase da Copa do Brasil .

Vindo de tropeços para Chapecoense e Goiás, Muricy Ramalho armará seu time com novidades em relação à última atuação. Não por vontade própria, mas porque tem desfalques. Além do reserva Osvaldo (com dores no quadril), o treinador não poderá contar com o meia Kaká (que sofreu uma pancada na panturrilha direita, logo na estreia) e o atacante Alan Kardec (impedido de atuar por já ter defendido o Palmeiras).

O aumento na lista de nomes no departamento médico, que já contava anteriormente com o zagueiro Antônio Carlos e o atacante Luis Fabiano, resultará nas voltas do meia Maicon e do atacante Alexandre Pato. Outra alteração - esta não forçada - será a entrada de Paulo Miranda. Zagueiro de origem, ele poderá atuar tanto ao lado de Rafael Toloi quanto como lateral-direito. No primeiro caso, Rodrigo Caio permaneceria como volante. Na outra ideia, Douglas deixaria a lateral para ser improvisado como um ponta. Qualquer que seja o desenho tático da equipe, tanto a comissão técnica quanto os jogadores sabem que é preciso esquecer os tropeços recentes. Ou fazê-los serem esquecidos. "É outra história, é Copa do Brasil, situação de mata-mata. Como São Paulo, temos obrigação de conseguir uma vitória, de vencer para ficarmos mais cômodos no segundo jogo e pegarmos uma sequência de vitórias", analisou o lateral-esquerdo uruguaio Álvaro Pereira.

Na terceira fase do torneio, diferentemente das anteriores, vencer o jogo de ida por dois gols de diferença, como mandante, não assegura classificação antecipada. A partir de agora, sempre há dois confrontos, o que levou a diretoria do Bragantino a alterar o mando para Ribeirão Preto, na intenção de garantir maior público - com a presença de são-paulinos - e consequentemente também maior arrecadação.

Outra mudança do clube de Bragança Paulista foi no comando da equipe. No domingo, o técnico PC Gusmão foi anunciado como substituto de Mazola Júnior, demitido em função da fraca campanha na Série B do Campeonato Brasileiro. O time do interior paulista ocupa a penúltima colocação, com apenas dez pontos em 12 rodadas (seis derrotas, quatro empates e duas vitórias).

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO X SÃO PAULO

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 30 de julho de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Fábio Rogério Baesteiro (SP)

BRAGANTINO: Renan; Geandro, Yago e Tobi; Alexandre, Francesco, Fabiano e Magno Cruz; Antônio Flávio, Cesinha e Nunes
Técnico: PC Gusmão

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Rafael Toloi e Álvaro Pereira; Rodrigo Caio, Souza, Maicon e Ganso; Ademilson e Alexandre Pato
Técnico: Muricy Ramalho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.