Jogador se sente frustrado após perder o título inglês com o Liverpool nas últimas rodadas e participar da precoce eliminação da Inglaterra na Copa de 2014

Steven Gerrard foi o capitão da Inglaterra na frustrante campanha na Copa de 2014
Richard Heathcote/Getty Images
Steven Gerrard foi o capitão da Inglaterra na frustrante campanha na Copa de 2014

Um dos principais nomes da história do Liverpool, o meio-campista Steven Gerrard admitiu que os últimos tempos não têm sido fáceis. Após perder nas últimas rodadas o título inglês, que tiraria o Liverpool da fila de 24 anos sem conquistar a competição, o jogador foi eliminado com a Inglaterra logo na primeira fase da Copa do Mundo.

"Provavelmente são os três piores meses da minha vida. Mas você precisa aceitar que isso aconteceu, não tem como mudar", afirmou Gerrard nos Estados Unidos, onde o Liverpool realiza parte da pré-temporada.

O jogador admitiu que ainda não esqueceu a falha no jogo contra o Chelsea, pela antepenúltima rodada do Campeonato Inglês. Na ocasião, Gerrard escorregou, perdeu a bola no campo de defesa, e propiciou o primeiro gol dos Blues, que venceram por 2 a 0."Eu não posso assistir algo assim, que a dor reaparece. Eu sofri com isso nos vestiários nas semanas e nos meses que se passaram depois disso", afirmou.

A decisão de se aposentar da seleção inglesa, aos 34 anos, teve como principal motivo a vontade de se dedicar exclusivamente ao Liverpool. Após uma conversa com o técnico Brendar Rodgers, Gerrard recusou diminuir seu ritmo no clube para continuar defendendo o English Team.

"Aquilo (a conversa com Rodgers) me fez ter 100% de certeza sobre a minha decisão, porque eu não quero que os meus jogos no Liverpool sejam prejudicados", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.