Tamanho do texto

Clube vive crise financeira, mas meia quer que o elenco mostre esforço independentemente da situação fora dos gramados

Um dos principais nomes do elenco do Náutico , o meio-campista Vinícius sabe que o time vive um péssimo momento na Série B do Campeonato Brasileiro . A modesta 14ª colocação vem junto com os 15 pontos e duas derrotas nas últimas duas rodadas. Os problemas financeiros extracampo também não ajudam o ambiente a melhorar. No entanto, o jogador quer esquecer de tudo isso e iniciar uma recuperação na disputa do Nacional.

A primeira oportunidade para isso será nesta terça-feira, às 19 h, na Arena Pernambuco, contra o Icasa . Uma vitória fará com que o Náutico se afaste da zona da degola. Um revés, no entanto, o aproximará muito das últimas colocações, já que o confronto é direto para escapar da zona de rebaixamento.

"O que aconteceu fora de campo, tem que ficar aí mesmo. Não podemos deixar que isso nos influencie durante os jogos. Não podemos deixar nosso rendimento ser influenciado por problemas externos. Também estamos nos perguntando o que está faltando. Vamos para o terceiro jogo após a parada e está na hora de voltar a apresentar um bom futebol. Não estamos satisfeitos e sabemos que precisamos melhorar", garantiu o jogador.

Com um incômodo no tornozelo esquerdo, Vinícius afirmou que não abrirá mão de jogar nesta terça-feira. Sempre respeitando as decisões do técnico Sidney Moraes, o jogador disse que prefere jogar no meio-campo, mas mostrará empenho em qualquer posição que for escalado.

Diego Galo

O Náutico anunciou no último sábado a contratação do meio-campista Diego Galo, de apenas 24 anos, que estava em um período de teste no clube. Porém, o jogador não deverá ser integrado ao elenco principal, mas sim emprestado a alguma outra equipe de Pernambuco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.