Tamanho do texto

No último domingo, clube mineiro perdeu para o Sport por 2 a 1 e segue na intermediária da tabela do Brasileirão

A delegação do Atlético-MG permaneceu em Recife após a derrota para o Sport, por 2 a 1, e nesta segunda-feira o técnico Levir Culpi já comandou uma atividade regenerativa. O comadante espera que a semana de preparação antes do próximo jogo, contra o Atlético-PR, sirva para recuperar bem os jogadores no aspecto físico. O treinador entende que o time vem sofrendo com o desgaste pelo excesso de jogos, e que com tempo para trabalhar poderá corrigir as falhas da equipe.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

"A partir de agora, a gente pensa no Atlético-PR. Teremos uma semana livre, necessária para que os atletas estejam bem. Não posso deixar de registrar o empenho dos jogadores, eles estão correndo muito e estão de parabéns nesse aspecto. Temos que melhorar em algumas situações que, com o tempo, vamos conseguir", declarou.

Questionado sobre o que fazer para que alguns jogadores consigam render o esperado, Levir Culpi argumentou que aproximação entre os atletas poderá resolver este problema. O treinador atleticano avalia que o time atuando próximo poderá facilitar a vida do atacante Jô, que passará a ser mais acionado nas partidas.

"Se Jô ficar cercado de jogadores como Guilherme e Dátolo, é difícil a bola não chegar. Mas isso está acontecendo. Ele não teve muitas oportunidades, e a marcação é muito forte, ainda mais ele que faz papel de pivô. Por isso deve ficar atento e não desperdiçar as finalizações", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.