Técnico reconheceu que a equipe gaúcha ficou devendo uma atuação melhor, apesar do resultado positivo diante do Bahia

Abel Braga, técnico do Internacional
Lucas Uebel/Getty Images
Abel Braga, técnico do Internacional

A conquista dos três pontos fora de casa deixaram o técnico Abel Braga feliz da vida após o 1 a 0 obtido pelo Internacional diante do Bahia. O treinador colorado reconheceu que a equipe não fez um bom jogo na Fonte Nova, mas lembrou de partidas recentes em que seus comandados jogaram bem longe do Beira-Rio, mereciam sorte melhor, e não venceram, para amenizar qualquer crítica à atuação colorada neste sábado.

"Não foi uma partida boa, mas eu estou feliz da vida. Nós não jogamos bem, mas vencemos, e isso ia acontecer um dia. Se a gente for lembrar, o empate com o Fluminense foi injusto, contra Criciúma e Coritiba também. Contra o Corinthians nós perdemos, mas fizemos um bom segundo tempo. Hoje nós fizemos um mau jogo, mas vencemos. No segundo tempo, o Dida não fez nenhuma defesa", analisou o treinador.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Abelão destacou que a vitória se deu em uma partida cujas dificuldades eram esperadas, devido à necessidade do Bahia de vencer para se recuperar na tabela do Campeonato Brasileiro: "foi um jogo extremamente difícil, e nós já esperávamos isso. Temos que ver a situação que o Bahia estava, com pressão aumentando. Eles lutaram muito", frisou o técnico do Inter, que isentou o goleiro Marcelo Lomba de culpa no gol de Wellington Silva: "a bola fez uma curva incrível bem quando chegou nele".

A vitória sobre o Bahia coloca o Internacional na vice-liderança do Brasileirão, com 22 pontos - o time pode perder até quatro posições neste domingo. O elenco colorado retornou a Porto Alegre na madrugada deste domingo, e na segunda-feira já inicia preparação para a partida contra o Ceará, quarta, pela Copa do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.