Kleber e técnico Adilson Batista falaram após o empate por 0 a 0 com a Ponte Preta e consideram resultado ruim em Campinas. Time se distância do G4 e ocupa a 10ª posição

O Vasco acumula o segundo empate seguido na Série B do Campeonato Brasileiro e vê os líderes se distanciarem na tabela. Agora com 19 pontos na 10ª colocação, a equipe de São Januário só venceu seu primeiro duelo após a parada da Copa do Mundo diante do Santa Cruz. Na sequência, empatou em casa com o América-RN e com a Ponte Preta neste sábado. Após o duelo em Campinas, o atacante Kléber considerou o resultado normal, mas lamentou as chances desperdiçadas.

Kleber liga o sinal de alerta no Vasco
Mauro Horita/ Agif/Gazeta Press
Kleber liga o sinal de alerta no Vasco

Leia também :   Em jogo morno, Vasco e Ponte Preta não saem do zero em Campinas

"Empatar aqui é normal, ruim foi deixar de vencer em casa contra o América. Agora tem um jogo em casa pra gente se recuperar", disse o atacante se referindo ao confronto contra o Paraná Clube, no próximo sábado, em São Januário.

A situação da equipe no campeonato já preocupa o técnico Adílson Batista, que contava com uma arrancada de sua equipe depois do longo período de treinamentos.

"Foi um jogo bem truncado e com poucas chances, e não conseguimos nosso objetivo, que era dar uma arrancada", disse o treinador. "O resultado foi ruim para os dois. A Ponte também tem ambições, é uma equipe de tradição. São empates que são ruins, e a turma vai se distanciando", completou.

Sobre a sequência de jogos e a possibilidade de poupar jogadores na partida de volta diante da mesma Ponte, na quarta-feira pela Copa do Brasil, Adilson foi categórico: "Aqueles que tiverem condições vão jogar. Vamos colocar em campo sempre a força máxima".

O Vasco recebe a Macaca em São Januário, na próxima quarta-feira, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. A equipe carioca está em vantagem por ter vencido o primeiro duelo por 2 a 0, na última quarta, em Campinas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.