Tamanho do texto

Depois de empatar em 2 a 2 no tempo normal, Bayern levou a melhor contra o Borussia Moenchengladbach nos pênaltis, mesmo depois do brasileiro Rafinha desperdiçar a cobrança, e está na decisão da Copa Telekom

O Bayern de Munique precisou dos pênaltis para vencer o Borussia Moenchengladbach e se classificar à final da Copa Telekom - torneio tradicional na Alemanha, que reúne a cada pré-temporada quatro equipes diferentes. Destaque para o goleiro Tom Starke, que conseguiu segurar uma das cobranças e parar o brasileiro Rafinha, que desperdiçou a cobrança.

Lewandowski encobre o goleiro Blaswich e faz golaço para o Bayern
Fabian Bimmer/Reuters
Lewandowski encobre o goleiro Blaswich e faz golaço para o Bayern

Com gols do centroavante polonês Robert Lewandowski e do camisa 7 francês Frank Ribéry, o Bayern de Munique empatou no tempo normal com o Borussia Moenchengladbach, em 2 a 2. Os dois gols do adversário foram marcados por Max Kruse, ambos de pênalti.

O time de Munique tem a chance de ser o único a conquistar a taça do torneio por duas vezes. Em cinco edições, não há nenhum time com dois títulos. O primeiro gol do atual dono da taça do Campeonato Alemão foi um golaço: De dentro da grande área, Lewandowski ignorou os zagueiros em sua frente e mandou um chute com muita qualidade por cobertura, já que o goleiro estava adiantado. Esse foi o segundo jogo e segundo gol do polonês com a nova equipe.

No segundo tempo da partida  - foram dois tempos de 30 minutos cada -, o francês Frank Ribéry mostrou toda a sua categoria. O camisa 7 recebeu pela esquerda, deixou o zagueiro para trás na corrida e bateu cruzado, sem chances para o goleiro.

O Borussia Moenchengladbach descontou com Max Kruse, que fez dois de pênalti. O goleiro Tom Starke, substituto de Manuel Neuer que ainda está de férias em função da disputa da Copa do Mundo no Brasil, pulou no canto errado nas duas cobranças e não impediu o empate.

Nos pênaltis, o único que não fez bem o seu papel foi o brasileiro Rafinha, que desperdiçou a cobrança. Por sorte, a defesa de Tom Starke na cobrança seguinte deu ao Bayern a classificação. Lewandowski, Alaba, Badstuber e Hojbjerg conveteram.

Outra semifinal - Mais cedo, o Wolfsburg venceu o Hamburgo, anfitrião da competição, nos pênaltis. Após um 0 a 0 no tempo normal, as duas equipes levaram a cobrança de penalidade até as alternadas, quando a sexta foi desperdiçada pelo Hamburgo e então o adversário marcou, concretizando a grande vitória.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.