Equipe baiana surpreendeu e derrotou os donos da casa por 3 a 1 e melhorou sua posição na tabela do Campeonato Brasileiro

O Vitória desembarcou em Criciúma tendo vencido apenas uma partida no Campeonato Brasileiro da Série A, diante do Fluminense, quando ainda era dirigido por Ney Franco. Porém, neste sábado, sob o comando de Jorginho, surpreendeu e derrotou o clube da casa, pelo placar de 3 a 1. Os gols do triunfo foram anotados por Ayrton, cobrando falta, e Caio, duas vezes. Serginho descontou.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Rafael Costa sofre marcação dupla do Vitória em Criciúma
DEZA BERGMAN/Gazeta Press
Rafael Costa sofre marcação dupla do Vitória em Criciúma

Com o resultado, o Rubro-Negro chega aos 11 pontos e deixa, provisoriamente, a zona de rebaixamento, ocupando a 16ª posição. Curiosamente, deixando o rival Bahia na degola. Por sua vez, a equipe carvoeira segue com a mesma soma, aparecendo no 14º posto.

A equipe de Salvador-BA volta a campo no próximo sábado, às 21 horas (de Brasília), diante do Grêmio, no Barradão. Já o Tigre visita o São Paulo, no mesmo dia, mas às 18h30, no Morumbi.

O jogo

Para conter o criativo meio de campo do Criciúma, formado por Paulo Baier e Rafael Costa, o Vitória apostou no esquema com três volantes, escalando Adriano, Richarlyson e Marcelo. A iniciativa deu certo e fez com que as poucas chances criadas pelo Tigre fossem nas laterais, com Eduardo e Bruno Cortez.

Dominando o meio de campo, o Leão da Barra inaugurou o marcador aos 18 minutos. Em jogada bem trabalhada, o lateral-esquerdo Euller invadiu a área em velocidade e cruzou na referência, procurando Dinei. O centroavante rubro-negro dominou entre os zagueiros e teve calma para encontrar Caio, que balançou a rede sem muito trabalho.

Com 26 jogados, o ‘garçom’ Euller evitou o empate mandante, ao interceptar providencialmente um cruzamento de Silvinho para Danilo Alves. Três minutos mais tarde, o clube da casa criou uma impressionante sequência de chances. Após bela triangulação com Danilo Alves, Serginho invadiu a área e cruzou na referência. Bem posicionado, Paulo Baier finalizou firme, mas parou em boa defesa de Wilson. Na sequência, o goleiro visitante voltou a trabalhar, em chute de Silvinho.

Porém, em menos de dois minutos, o Criciúma sofreu quatro cartões - sendo um deles, o vermelho. Primeiramente, foram advertidos com o amarelo os volantes João Vítor e Serginho, que, suspensos, não medem forças com o São Paulo. Na sequência, o argentino Escudero acabou expulso. Mesmo após sofrer a primeira tarjeta, o zagueiro continuou a protestar com veemência e foi excluído pelo árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique.

Após a perda, o técnico Wagner Lopes sacou o estreante centroavante Danilo Alves, que entrou no lugar do lesionado Michael, e promoveu a entrada do zagueiro Ronaldo Alves, para recompor seu setor defensivo. Com um homem a menos, o Tigre se lançou ao ataque e criou boas chances. Aos 15 minutos, Paulo Baier partiu com liberdade pela intermediária e serviu Silvinho, no setor direito. O atacante invadiu a área, mas demorou para finalizar e, quando chutou, carimbou a marcação, revoltando os torcedores carvoeiros.

Aos 20 minutos, o camisa 10 Marcinho criou a primeira boa chance da etapa final para o Vitória, finalizando da intermediária e exigindo defesa providencial de Luiz, que voou no ângulo direito. Porém, no escanteio, veio o segundo tento. Em cobrança efetuada por Richarlyson, Caio aproveitou um desvio na primeira trave para concluir firme, no canto esquerdo.

Quando o resultado já parecia encaminhado, o Leão da Barra encontrou o terceiro gol, contando com uma ajuda carvoeira. Aos 39 minutos, em cobrança de falta à média distância, Ayrton finalizou firme, no canto direito, e contou com a falha de Luiz para ampliar. Com 44 jogados, veio o tento de honra mandante: Lucca cobrou escanteio na esquerda e viu Serginho, com liberdade, testar forte para vencer Wilson.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA-SC 1x3 VITÓRIA-BA

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma-SC
Data: 26 de julho de 2014, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (Asp. Fifa-RJ) e Gilberto Stina Pereira-RJ
Cartões amarelos: Escudero, João Vítor e Serginho (Criciúma-SC); Adriano, Luiz Gustavo e Wilson (Vitória-BA)
Cartões vermelhos: Escudero (Criciúma-SC)

GOLS:
CRICIÚMA-SC: Serginho (aos 44' do 2T)
VITÓRIA-BA: Caio (aos 18’ do 1T e aos 21' do 2T) e Ayrton (aos 38' do 2T)

CRICIÚMA-SC: Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Bruno Cortez; Serginho, João Vítor, Paulo Baier (Lucca) e Rafael Costa; Silvinho e Michael (Danilo Alves, depois Ronaldo Alves)
Técnico : Wagner Lopes

VITÓRIA-BA: Wilson; Ayrton, Alemão, Kadu e Euller; Adriano, Richarlyson (William Henrique) e Marcelo (Luiz Gustavo); Marcinho; Caio (Willie) e Dinei
Técnico : Jorginho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.