Tamanho do texto

"Esperamos que os dois façam o papel de armação e chegada, para fazerem gols, porque isso é importante demais", afirmou o treinador sobre a dupla de armadores

O técnico Muricy Ramalho costuma pedir para Paulo Henrique Ganso não se restringir a armar as jogadas do São Paulo , mas também a invadir a área dos adversários. Com a chegada de Kaká, o treinador lembra que o reforço tem esse costume de aparecer perto do gol e reitera o conselho ao camisa 10.

"Os meias não podem ser só de transição, eles têm de entrar na área, surpreendendo, porque, quando esses jogadores vêm de trás, não dá para marcar. É nisso que insistimos com o Ganso, e o Kaká tem essa característica. Se o jogador não faz essa infiltração e nem vai para o lado do campo, é marcado. O Kaká fez isso várias vezes no treino e confundiu o adversário. Esperamos que os dois façam o papel de armação e chegada, para fazerem gols, porque isso é importante demais", afirmou o treinador.

Leia mais: Muricy confirma Kaká no time: "Pode fazer a diferença"

Ganso treina no São Paulo antes do jogo contra o Goiás: parceria com Kaká
Marcello Zambrana/Inovafoto/Gazeta Press
Ganso treina no São Paulo antes do jogo contra o Goiás: parceria com Kaká

Para viabilizar a escalação de Kaká, Muricy Ramalho mudou o esquema tático do São Paulo, que vinha atuando apenas com Ganso na armação e mais três atacantes, sendo dois abertos (Ademilson e Osvaldo) e um centralizado (Alan Kardec).Para colocar o reforço, o treinador optou por tirar Osvaldo e armar o time com dois meias: Kaká e Ganso. Na frente, Alan Kardec e Ademilson estão mantidos, precisando da ajuda dos meias.

A primeira partida com a nova tática será disputada neste domingo, contra o Goiás, no Serra Dourada. O jogo do Campeonato Brasileiro marcará o início desta nova passagem de Kaká pelo clube.

"Ele é acima da média, mas temos de esperar para falar, não adianta eu ficar comentando antes como vai ser. Mas, com certeza, temos esperança de que vá bem. O São Paulo tem a cara de time grande, de jogadores acostumados a ser campeões. E isso é importante", acrescentou.

Enquanto o treinador ajusta a equipe para este domingo, Alexandre Pato segue no banco de reservas. Já Luis Fabiano continua como desfalque por estar entregue ao departamento médico, em recuperação de lesão muscular na coxa direita.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.