Tamanho do texto

Clube paulista quer contar com o meia uruguaio o mais rápido possível. Botafogo está com as contas bloqueadas por conta de dívidas e um dos credores reivindica os pagamentos do negócio

Botafogo tem problemas com uma vara criminal do Rio que impede transferências
Facebook/Corinthians
Botafogo tem problemas com uma vara criminal do Rio que impede transferências

O Corinthians decidiu que entrará na Justiça para tentar a liberação do meia Nicolás Lodeiro, que ainda não tem condições legais para atuar. Contratado às vésperas da Copa do Mundo , o uruguaio treina no clube há algumas semanas, mas ainda não foi apresentado.

"O Botafogo tem alguns problemas, um deles em uma vara criminal no Rio de Janeiro, que impede a transferência de qualquer jogador. Se a Justiça determinar que os pagamentos devem ser a esse credor, o Corinthians fará isso. Mas o atleta não pode ficar impedido de ir e vir por conta de um terceiro. A Justiça não pode em nenhuma circunstância impedir a liberdade de ir e vir do jogador", disse Ronaldo Ximenes, diretor de futebol do Corinthians, em entrevista à Rádio ESPN .

O Botafogo, antigo clube de Lodeiro, está com as contas bloqueadas por causa de dívidas, e um dos credores do clube carioca reivindica os pagamentos referentes à transferência. Por causa do imbróglio, o Corinthians não consegue depositar o valor da transação na conta do clube carioca, o que, por consequência, impede a inscrição de Lodeiro.

Enquanto o departamento jurídico corintiano tenta resolver a situação, é certo que Lodeiro não poderá participar do Derby deste domingo, contra o Palmeiras , na Arena Corinthians, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro .

Em jogo-treino nesta quinta-feira, contra os juniores do Corinhtians, Lodeiro foi o destaque, anotando os dois gols da vitória dos reservas de Mano Menezes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.