"Diego Costa é Diego Costa. Eu sou Mario Mandzukic", ressaltou o novo camisa 9 em entrevista coletiva

Após uma temporada inesquecível, conquistando o Campeonato Espanhol e o segundo lugar da Liga dos Campeões, o Atlético de Madri perdeu sua principal referência ofensiva, o atacante Diego Costa, negociado com o Chelsea. Mas a diretoria foi rápida e acertou com o centroavante Mario Mandzukic, que perdeu espaço no Bayern de Munique com o técnico Pep Guardiola.

Mandzukic foi ovacionado pelo torcedores do Atlético de Madri no Vicente Calderón
DIVULGAÇÃO/ATLÉTICO DE MADRID
Mandzukic foi ovacionado pelo torcedores do Atlético de Madri no Vicente Calderón

Mesmo já tendo defendido o Atlético em amistoso contra o Numancia, Mandzukic foi apresentado oficialmente pelo clube somente na tarde desta quinta-feira, com a presença de muitos torcedores no Estádio Vicente Calderón. O croata recebeu a camisa 9 da diretoria e posou para fotos com fãs.

Após a exibição dentro das quatro linhas, o croata concedeu uma entrevista coletiva. Quando questionado sobre a responsabilidade de substituir Diego Costa, Mandzukic tratou de desconversar. "Diego Costa é Diego Costa. Eu sou Mario Mandzukic", afirmou o atacante, que marcou 48 gols em 91 jogos pelo Bayern.

Ele também tratou de minimizar seu passado na Alemanha. "Prefiro não falar sobre Guardiola. Estou muito contente com o fato de Simeone ser meu treinador no momento. Sempre o apreciei, pois conheço o seu passado futebolístico. Foi um grande jogador, que sempre se entregou. Ele vive o esporte com muita paixão, uma forma parecida com a minha", ressaltou Mandzukic.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.