The National diz que o meia voltou para o Brasil no último sábado, porém, José Carlos Brunoro diz que não sabe do episódio. Cartola admite: negócio ainda não foi encerrado

A venda de Valdivia ao Al Fujaraih, dos Emirados Árabes, pode ganhar novo desfecho. Nesta quarta-feira, um jornal de Abu Dhabi publicou que o meia chileno retornará ao Palmeiras depois de não ter chegado a um acordo com o novo time. O clube brasileiro, por sua vez, diz que desconhece a informação e ainda não foi notificado.

Valdivia de volta ao Palmeiras? Árabes dizem que sim
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Valdivia de volta ao Palmeiras? Árabes dizem que sim

De acordo com o The National , Valdivia deixou os Emirados Árabes no último sábado para retornar ao Brasil dando indícios de que havia problemas no acordo. Na última segunda-feira, o clube árabe afirmou que esperava o atleta para assinatura de contrato.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Embora afirme desconhecer o imbróglio, o Palmeiras admite que a negociação não está concluída. "Não foi me passado nada ainda, mas nós só oficializamos o negócio quando o contrato for assinado. A venda do Valdivia ainda é uma negociação em curso", disse o diretor executivo José Carlos Brunoro ao iG .

O possível entrave da transação é a forma de pagamento. A reportagem do iG  apurou que o clube árabe pretendia fazer o pagamento parcelado, o que foi inicialmente aceito pelo Palmeiras. O valor de R$ 16 milhões seria pago em seis parcelas: ato, 10/12/2014, 10/06/2015, 10/12/2015 e 10/03/2016. Vale lembrar que 36% dos direitos do atleta pertencem ao empresário e conselheiro palmeirense Osório Furlan, que emprestou R$ 6 milhões para repatriá-lo em 2010.

Valdivia chegou ao Al Fujaraih na semana passada e chegou até a posar com a camisa 10 da nova equipe. Antes, ele agradeceu à torcida do Palmeiras e disse que estava se despedindo porque o clube precisava do dinheiro. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.