Volante, emprestado pelo Grêmio, tem vínculo com o clube do Morumbi até o fim deste ano e ele pretende ficar

Além do objetivo natural de ser campeão, o volante Souza torce por uma evolução do São Paulo no segundo semestre para que, também individualmente, o final da temporada seja produtivo e ele seja convidado a ficar ao término do contrato.

"Venho até aqui, eu acho, fazendo um bom trabalho. É óbvio que quero crescer, não individualmente, mas com a equipe. Que a gente tome uma identidade dentro do campeonato, para que depois minha situação fique mais fácil. O clube querendo, é óbvio que vou querer continuar", disse, nesta segunda-feira.

Na sexta posição, Souza diz que São Paulo "pagou caro" por derrota no Morumbi

"O clube me deu oportunidade de jogar em São Paulo, que era um sonho. Quero crescer, retribuir. Não quero ir bem, me classificar para a Libertadores, por exemplo, e sair. Quero continuar, caso tudo corra como a gente tem previsto. É só deixar as coisas acontecerem", continuou.

O camisa 5 chegou no começo deste ano, no decorrer do Campeonato Paulista, emprestado pelo Grêmio, em acordo que estendeu a permanência do zagueiro Rhodolfo no clube gaúcho igualmente até o final de 2014. Rapidamente, assumiu uma posição de titular no meio-campo da equipe treinada por Muricy Ramalho.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Em pouco mais de cinco meses desde sua estreia, ele acumula 22 partidas e um gol. Embora tenha vínculo com o Grêmio até o término de 2016, Souza, desde sempre, deixou claro que quer ampliar seu contrato com o São Paulo. "Mas está muito cedo para falar sobre isso. Quero trabalhar e crescer, mais para frente a gente fala sobre isso", ponderou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.