Equipes se enfrentam em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, e podem se aproximar dos líderes da competição

Logo após uma vitória no clássico contra o Palmeiras, na Vila Belmiro, o Santos já encara um novo confronto direto neste domingo. A partida mais uma vez é contra um adversário que vem logo atrás, o Fluminense. O time tricolor é o sexto colocado na tabela, com 16 pontos, mas uma vitória no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), a partir das 18h30 (de Brasília), pode deixar o alvinegro na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, já que hoje o alvinegro praiano é o quinto colocado com 17 pontos.

Confira a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

Além do Fluminense, o Santos também terá outro adversário. O cansaço. O técnico Oswaldo de Oliveira comentou a desgastante viagem que o clube terá que fazer para encarar o Fluminense neste domingo, lembrando que o Santos jogou na última quinta-feira, enquanto o Flu teve um dia a mais de descanso, pois foi derrotado pelo Criciúma, em Santa Catarina, na última quarta-feira.

"Domingo vamos fazer três viagens. De Santos para São Paulo, de São Paulo para o Rio de Janeiro, do Rio para Volta Redonda. Jogar contra o Flu, que jogou ontem (quarta) e está levando um dia de vantagem sobre descanso. Nosso desempenho fica prejudicado. Fica difícil cumprir uma exibição atrás da outra jogando, repetidamente, com essa demanda", reclamou Oswaldo de Oliveira assim que terminou o clássico contra o Palmeiras.

Mas a tarefa do Peixe é voltar com um bom resultado de Volta Redonda. Com os três pontos na última rodada, o clube da Baixada Santista chegou à terceira vitória seguida na competição e agora tenta se firmar na briga pelo G-4 e até mesmo se credenciar pelo título.

Leandro Damião, que torceu o tornozelo no último sábado, pode voltar, dependendo dos treinamentos. Alan Santos, Cicinho e Patito Rodriguez também estarão à disposição do técnico após desfalcarem o Santos nos 2 a 0 contra o Verdão.

"Não pode oscilar, não pode perder o equilíbrio, o que ocorre com jogadores jovens. Como temos essa predominância, pode ser que aconteça. Quero ressaltar a importância do grupo, mais de 60% são jovens, estão amadurecendo bastante. Como eu sempre disse, temos um elenco em formação, eles estão se formando, ganhando experiência com a competição", ressaltou o técnico.

Derrotado no meio de semana, o Fluminense não teve o reinício de Campeonato Brasileiro ideal. Com o revés, os tricolores se distanciaram da liderança e vão tentar se reabilitar na competição neste domingo. A equipe carioca terá um adversário confiante após a vitória no clássico contra o Palmeiras.

O pensamento nas Laranjeiras é voltar ao rumo das vitórias, já que a equipe vem de três resultados adversos (duas derrotas e um empate). O atacante Walter rechaça que o elenco esteja abatido e foca nos três pontos no Raulino de Oliveira.

"Temos que concentrar neste momento. As vitórias vão acontecer. Ficamos três, quatro jogos sem perder já neste campeonato. Agora, são três sem vencer. Temos que levantar a cabeça e domingo fazer um bom jogo", disse.

Para esta partida, o técnico Cristóvão Borges segue sem contar com o volante Diguinho, lesionado, além do atacante Fred, liberado para descansar após a Copa do Mundo. Além deles, o lateral Carlinhos, suspenso, será desfalque certo. Chiquinho é o favorito para assumir a vaga, mas o treinador prefere confirmar a escalação após os treinamentos. "Temos algumas alternativas para a vaga do Carlinhos. Vamos ver a melhor maneira da equipe atuar. Ainda temos tempo até lá, com alguns treinos a fazer e depois decidiremos", declarou.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X SANTOS

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 20 de julho de 2014, domingo
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS-FIFA)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Henrique e Chiquinho; Jean, Cícero, Wagner e Conca, Rafael Sóbis e Walter
Técnico: Cristóvão Borges

SANTOS: Aranha; Cicinho, Bruno Uvini, David Bráz e Mena; Alison (Alan Santos), Arouca e Lucas Lima; Rildo (L. Damião), Geuvânio e Gabriel
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.