Tamanho do texto

Desde que assumiu o posto de Gilmar Dal Pozzo, treinador interino tem três vitórias em quatro jogos no comando do time

A Chapecoense não teve um bom início no Campeonato Brasileiro , mas após a saída do técnico Gilmar Dal Pozzo, em maio deste ano, Celso Rodrigues assumiu o comando da equipe interinamente e teve um bom aproveitamento: três vitórias em quatro jogos, além dos dois triunfos nos amistosos em Caxias do Sul durante a intertemporada. A campanha gerou certa expectativa da torcida para que Celso seja efetivado como treinador da Chape.

No último sábado, a equipe venceu o São Paulo por 1 a 0 no Morumbi e chegou a 11 pontos, figurando na 15ª posição na tabela de classificação. Apesar da vitória, Celso diz não se preocupar com títulos. "A nomenclatura, no momento, não tem importância. O que importa é o trabalho e o resultado."

Leia mais: Clube considera vitória sobre o São Paulo a maior da história da Chapecoense

A diretoria estuda efetivar o interino, mas como ele demonstra não se incomodar com a situação, a cúpula da Chape não vê motivo para colocar uma pressão desnecessária sobre Rodrigues.

Alan Kardec tenta a jogada no duelo entre São Paulo e Chapecoense
Marcelo Zambrana/Inovafoto/Gazeta Press
Alan Kardec tenta a jogada no duelo entre São Paulo e Chapecoense

"A gente vem pensando nisso há muito tempo. Conversamos bastante com ele, a gente não quer dar essa responsabilidade toda pra ele nesse momento. Explicamos para o restante da direção que o propósito de manter ele de interino, e no momento não trazer ninguém só por trazer. Vamos com calma, ele está fazendo um excelente trabalho, não está incomodado com a situação de interino", afirmou o diretor de futebol Mauro Stümpf.

Confira a classificação, artilharia e mais notícias do Campeonato Brasileiro

Celso era o segundo auxiliar técnico durante o comando de Gilmar Dal Pozzo. Juntamente com o ex-treinador, Lucianho, seu braço direito, também foi demitido. O interino manteve a estrutura e fez algumas alterações, como a entrada do volante Dedé, e sabe que só continuou no cargo porque o clube não conseguiu contratar um novo técnico após a saída de Gilmar. Mas com os bons resultados, Celso conquistou a confiança dos dirigentes e jogadores e o apoio da torcida, já recebeu um reajuste no salário e sua efetivação é muito cogitada.

O próximo compromisso do Verdão do Oeste será diante do Ceará nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pelo jogo de volta da Copa do Brasil. A equipe catarinense perdeu o jogo de ida na Arena Condá por 2 a 1 e precisa reverter o resultado para seguir na competição. Pelo Campeonato Brasileiro, a Chape vai à Vila Belmiro no próximo sábado para encarar o Santos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.