Tamanho do texto

Tiago Luís, Rychely e Diones são outros lesionados que também estão fora do jogo contra o São Paulo, sábado

O técnico interino da Chapecoense, Celso Rodrigues, terá um importante desafio pela frente: precisa vencer o São Paulo fora de casa, sábado, às 19h30, sem ter à disposição peças importantes do elenco. Tiago Luís, Rychely e Diones estão lesionados, e no treino da última quarta-feira, o treinador perdeu o zagueiro André Paulino, que rompeu parcialmente o tendão de Aquiles e fica afastado por pelo menos três meses.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Durante uma atividade na Arena Condá, Paulino pulou para afastar uma bola e ao cair, sentiu a dor. O médico do clube determinou que o caso do atleta é de cirurgia.

"Foi uma fatalidade imensa. Nunca me entrego. Vinha com dores algum tempo já, mas tratava e trabalhava. Realizei os amistosos e estava muito feliz pelo retorno do Campeonato Brasileiro, jogar contra clubes grandes e seguir lutando para tirar a Chapecoense da parte delicada da tabela. Aí quando dei a cabeçada e bati com o pé no chão senti rasgar. Infelizmente vou operar. Agora é levantar a cabeça e pedir a Deus que me ilumine para que a recuperação seja breve e possa retornar o quanto antes", declarou o jogador.

Paulino teve papel fundamental na campanha que levou a Chapecoense à Série A. Em 2013, marcou três gols que renderam pontos importantes na Série B e ajudaram a equipe a chegar à elite do futebol nacional.

"Durante muitos anos na minha carreira alimentei o sonho de jogar a Série A. Estava contando os dias para o retorno da competição. Me chateio porque estava treinando forte e bem fisicamente, pensando só no São Paulo. Agora é torcer pelos companheiros para manterem o crescimento na competição e aguardar a recuperação", finalizou.

Mesmo com as baixas, Celso Rodrigues quer "concentração total" diante do São Paulo, mas sabe das dificuldades que a Chapecoense tem pela frente.

"O São Paulo, com toda a sua tradição e seus destaques, é preocupante, mas na reta final a gente perde jogadores que estavam tendo um entrosamento. Isso nos deixa preocupados, mas é valorizar os outros atletas e a oportunidade agora chegou e é dar a sua contribuição", avaliou Celso. "Sabemos das dificuldades que vamos encontrar, mas vamos bem confiantes. A concentração é total", finalizou o interino.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.