As novidades são Romário, Kadu, Richarlyson, Adriano, Marcos Júnior e Marcinho, além dos estrangeiros Guilhermo Beltrán, ex-Cerro Porteño, e Luis Aguiar, que veio do Peñarol

Nas vésperas do confronto com o Cruzeiro , no Mineirão, o Vitória apresentou oito reforços no vestiário do Barradão. A medida foi tomada pela diretoria rubro-negra porque a sala de imprensa principal da Toca está em reforma e a menor não comportaria todos os envolvidos no evento.

"Seguramos a apresentação para casar com o retorno do Barradão", explicou o presidente do clube, Carlos Falcão. O clube da capital baiana foi o que mais contratou durante a parada para a Copa do Mundo.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Vitória apresenta oito reforços de uma vez no Barradão
Divulgação
Vitória apresenta oito reforços de uma vez no Barradão

Vieram os repatriados Romário e Kadu, que já vinham treinando com o elenco, assim como Richarlyson, Adriano, Marcos Júnior e Marcinho. Chegaram a Salvador também dois gringos: o atacante Guilhermo Beltrán, de 30 anos, que teve o Cerro Porteño como seu último clube, e o meia Luis Aguiar, de 28, que veio do Peñarol do Uruguai.

Feliz por jogar no campeonato nacional mais forte e rico da América do Sul, Aguiar explicou a maneira como prefere atuar e quando surgiu o interesse do Vitória: "Acompanho o camisa 5 e saio para jogar. Estava em pré-temporada lá e surgiu o contato do Vitória. Estou feliz, pois todo mundo sonha em jogar no Brasil e agora tenho essa chance".

Já Beltrán, que tem no currículo quatro disputas de Copa Libertadores, afirmou ser especialista em jogadas aéreas e prometeu muita disposição durantes as partidas: "Sou um jogador de área, que gosta do jogo aéreo. Comigo não tem bola perdida. Só estou esperando regularizar a documentação para que eu possa jogar". Mesmo na zona de rebaixamento da Série A - 18ª colocação - e com dificuldades financeiras, o Vitória almeja melhorar sua posição na tabela do Brasileirão e uma campanha de título na Copa Sul-Americana.

"Apesar das dificuldades financeiras fizemos um esforço para reforçar o time com jogadores talentosos e consagrados e neste segundo semestre buscar os nossos objetivos. Pretendemos alcançar uma ótima classificação na Série A e entrar na Sul-Americana para brigar pelo título", afirmou o presidente do Rubro-Negro, Carlos Sergio Falcão.

Com apenas sete pontos, mas somente um a menos da Chapecoense, primeira equipe fora do Z-4, o Vitória encara o líder Cruzeiro nesta quinta-feira, às 21 horas, no Mineirão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.