Tamanho do texto

Deputado federal chamou o plebiscito realizado para escolher o novo presidente de "clandestino" e "obscuro"

Marco Polo Del Nero e José Maria Marin na festa de premiação do Campeonato Paulista 2014
SERGIO BARZAGHI / Gazeta Press
Marco Polo Del Nero e José Maria Marin na festa de premiação do Campeonato Paulista 2014

O deputado federal Romário sugeriu nesta quarta-feira a anulação do pleito que elegeu Marco Polo Del Nero como presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Durante seu discurso na Câmara dos Deputados, em Brasília, o ex-atleta chamou o plebiscito realizado pela entidade de "clandestino" e "obscuro".

"Se queremos mudanças, que tal anularmos essa eleição clandestina e obscura que alçou o senhor Marco Polo Del Nero à presidência da CBF pelos próximos quatro anos?", perguntou o ex-jogador.

Além de criticar a eleição de Del Nero, Romário também não poupou a atual gestão. "Não pode e não merece continuar comandado por um bando que já demonstrou sua incompetência", declarou.

Internauta do iG pede estrangeiro para ser o novo técnico da seleção brasileira

Del Nero, atual mandatário do futebol paulista, foi eleito presidente da CBF em abril, mas só assumirá o cargo a partir de abril de 2015, substituindo o atual comandante do órgão, José María Marin.

O deputado voltou a pedir a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) ao Congresso. O ex-jogador afirma ter "certeza" que o futebol brasileiro necessita de mais "democracia e transparência".

Para Romário, o resultado de 7 a 1 sofrido pela seleção brasileira frente à Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo é resultado de que estão se acumulando graves problemas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.