Técnico mostrou preocupação com a possibilidade de perder Romero e Guerrero para suas seleções (Paraguai e Peru) nos amistosos e jogos das eliminatórias, desfalcando a equipe

Mano Menezes se mostrou satisfeito com os reforços integrados ao Corinthians na pausa do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo. O treinador elogiou o zagueiro Anderson Martins, o volante Elias, o meia Lodeiro e o atacante Ángel Romero, mas mostrou que ainda espera a contratação de um homem de frente.

"Temos uma situação que no futuro pode nos remeter a um grau de dificuldade. Temos dois atacantes estrangeiros, e os dois jogam nas seleções de seus países", afirmou, referindo-se ao paraguaio Romero e ao peruano Guerrero. "Ali na frente, com o retorno das competições sul-americanas, amistosos, ficaremos com poucas opções ofensivas em jogos bastante importantes."

O nome que a diretoria buscava era o de Marcelo, do Atlético-PR, mas o acerto está muito complicado. O Corinthians acertou a quantia a ser paga - 5 milhões de euros, o equivalente a R$ 15 milhões, por 50% dos direitos econômicos -, mas não conseguiu reunir os 2 milhões de euros (R$ 6 milhões) exigidos de entrada.

Sem ele, Mano vai trabalhando com os que já chegaram. Além de apostar muito no crescimento do time alvinegro com seu velho conhecido Elias, apontou nos demais reforços qualidades antes carentes em um elenco que, espera-se, brigará pelo título nacional. "O Anderson Martins é um zagueiro com características diferentes das que temos no plantel, penso que pode oferecer um crescimento no setor. O Lodeiro trabalha na meia pelos dois lados, com características de terceiro homem do meio", analisou o técnico, vendo no uruguaio uma profundidade maior do que a de Petros, atual titular na função.

"O Romero é um jovem atacante, jogou a Libertadores pelo Cerro. Tem também uma característica diferente, com movimentação e profundidade. Estamos levando com calma também, porque obviamente ele sentiu um pouco a diferença de treinamento. Em um primeiro momento, sentiu a parte física mais forte, agora está se soltando mais. Ele tem uma capacidade de definição muito boa na frente", comentou Mano.

Por enquanto, estão à disposição Elias e Romero. O volante será titular contra o Internacional, na quinta-feira, em Itaquera, e o atacante ficará como opção de banco. Anderson Martins e Lodeiro ainda não têm suas situações regularizadas, mas o chefe acha que todos serão importantes em um campeonato longo como o Brasileiro e na Copa do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.