Time mineiro subiu para o segundo lugar na classificação com vitória sobre os paranaenses

Se já seria difícil para o torcedor se acostumar com o retorno da Série B do Campeonato Brasileiro após uma Copa do Mundo com muitos gols e com alto nível técnico - salvo algumas conhecidas exceções - o período de transição começou mal com América Mineiro e Paraná Clube maltratando a bola. Porém, com um gol no final da partida, aos 43 minutos, o time mineiro bateu o adversário por 1 a 0 e chegou aos 20 pontos, entrando no G4. Na outra ponta, com nove pontos, os paranistas seguem na zona de rebaixamento.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Longe da pressão em casa, os paranaenses tinham a oportunidade de se soltar mais em campo na busca de pontos importantes. Logo no primeiro minuto, Lúcio Flávio cobrou falta na área e Fernando Leal deixou a meta para ficar com a bola. A partida começou muito estudada, com equilíbrio em campo. Na resposta, Doriva cobrou escanteio fechado, aos quatro minutos, e obrigou a defesa a afastar o perigo.

Aos poucos o futebol para valer começava a aparecer no Horto. Aos 12 minutos, ótima triangulação entre Chiquinho, Lucas Otávio, Marcos Serrado, que arrematou da entrada da área, fraco, nas mãos de Fernando Leal. Aos 19 minutos, Marcos Serrato partiu para a jogada individual, abriu espaço e bateu para grande defesa do goleiro.

Depois de um breve momento de domínio paranista, o América-MG acordou. Aos 25 minutos, William invadiu a área e, no momento do chute, foi bem travado por Breno. Na sequência, após rebote de cobrança de escanteio, Doriva bateu cruzado para boa intervenção de Marcos. O troco veio com Lúcio Flávio, aos 34 minutos, mas o chute do capitão tricolor saiu torto. Obina teve uma boa chance de arremate, aos 40 minutos, mas escorregou na hora de finalizar o lance.

Satisfeito com o time e mesmo com Lucas Otávio com uma fratura em um dos dedos da mão, o técnico Claudinei Oliveira manteve a mesma equipe, a exemplo do adversário. Porém, com seis minutos, Gustavo sentiu dores na virilha e saiu para a entrada de João Antônio. Aos nove minutos, Lúcio Flávio cobrou escanteio fechado e Fernando Leal deixou a meta para afastar o perigo para longe da área.

O ritmo do jogo caiu um pouco, o que obrigou os dois treinadores a mexer nos times. Aos 15 minutos, Giancarlo rolou para Lúcio Flavio chutar pela linha de fundo. Com maior posse de bola, o América esperava para encaixar uma jogada certeira. Aos 21 minutos, Obina apareceu na cara do gol, mas se atrapalhou, dando chance para a defesa tricolor se recuperar.

O jogo era tecnicamente fraco, mas a falta de gols piorava a sensação. Porém, aos poucos o goleiro Marcos começou a surgir como grande nome do jogo. Aos 28 minutos, Gilson tabelou com Tchô e, na cara do gol, parou na muralha paranista. Aos 39 minutos, Marcos precisou sair nos pés de William para ceder escanteio e salvar. Até que, aos 43 minutos, Vitor Hugo aproveitou cruzamento e testou para o fundo as redes para marcar o único gol da partida.

Na próxima rodada, o América-MG encara o Oeste, sexta-feira, novamente no Estádio Independência. Já o Paraná Clube encara a Portuguesa, no mesmo dia, no Estádio do Canindé, em São Paulo.

FICHA TÉCNICA -  AMÉRICA-MG 1 X 0 PARANÁ CLUBE

Local : Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 15 de julho de 2014, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro : Claudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes : Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Ivaney Alves de Lima (SE)
Cartões amarelos: Gilson (América-MG); Marcos Serrato (Paraná)
Gols: AMÉRICA-MG: Vitor Hugo, aos 43 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: Fernando Leal; Pablo, André, Vitor Hugo e Gilson; Leandro Guerreiro, Andrei Girotto, Doriva (Tchô) e Mancini (Diney); Willians e Obina (Júnior Negão)
Técnico: Moacir Júnior

PARANÁ: Marcos, Chiquinho (Carlinhos Miranda), Gustavo (João Antônio), Alisson e Breno; Lucas Otávio, Marcos Serrato, Ricardinho e Lucio Flavio; Tiago Alves (Júlio César) e Giancarlo
Técnico: Claudinei Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.