Tamanho do texto

Com vitória fora de casa, mineiros deixam a zona de rebaixamento e afundam time goiano na lanterna da Série B

O retorno da Série B do Brasileiro foi bom para o Boa Esporte. Jogando fora de casa, a equipe de Varginha despachou o lanterna Vila Nova, no Serra Dourada, deixando a zona de rebaixamento. O time tricolor soube explorar melhor as fragilidades do adversário, e mesmo sem fazer um jogo brilhante venceu por 2 a 0, com direito a pênalti desperdiçado pelos goianos.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo zagueiro João Paulo, do colorado, que marcou contra ao tentar cortar um lançamento para a área. O lateral Eric ampliou com um belo chute de fora de longa distância. Com o resultado, o clube boveta chega aos 11 pontos, e pelo menos momentaneamente deixa a zona da degola, deixando o Vila Nova com a lanterna, somando apenas dois pontos.

Na sequência da Série B do Brasileiro, o Boa Esporte volta a jogar fora de casa, sábado, contra o Náutico, na Arena Pernambuco. Já o Vila Nova terá novo compromisso diante da torcida no Serra Dourada, duelando contra o Santa Cruz.

O jogo

Atuando em casa, o Vila Nova procurou tomar a iniciativa do jogo contra um Boa Esporte recuado, que apostou nos contra-ataques. Com pouca criatividade das duas equipes no meio campo, a partida apresentou baixo nível técnico, com os times tentando chegar ao ataque mais na base da vontade que na estratégia.

Após os primeiros 15 minutos, o duelo ficou um pouco mais aberto com chances de gol para goianos e mineiros. Aos 20, os visitantes surpreenderam o Vila Nova com um gol contra de João Paulo, que tentou cortar um lançamento do Boa Esporte, que encobriu o goleiro Toni, complicando as coisas para os mandantes.

Em desvantagem, o Vila Nova teve que adiantar as linhas de marcação para buscar a igualdade, mas encontrou dificuldades já que insistiu nas jogadas pelo meio, com os zagueiros bovetas ganhando quase todas as divididas pelo chão ou pelo ar. Isso deu mais confiança para a Coruja de Varginha, que passou a administrar bem o confronto.

Depois de um período morno no jogo, o Boa Esporte voltou a chegar com perigo aos 35, em chute de fora da área de Clébson, que obrigou Toni a se esticar todo para evitar o dilatamento do marcador no Serra Dourada. Aos 40, os mineiros aproveitaram os espaços dados pelo Vila Nova e o lateral Eric resolveu arriscar mais um tiro de longa distância e foi feliz, estufando as redes para dar tranquilidade para os bovetas.

A história do jogo começou a mudar aos três minutos, quando o avante Jheimy foi derrubado dentro da área. O árbitro Rafael Martins Diniz não titubeou e marcou pênalti para os goianos, expulsando o zagueiro Leandro Silva. O atacante Thiago Silvy cobrou do lado direito do goleiro João Carlos que acertou o canto e com o braço esquerdo fez a defesa.Para recompor a defesa, o técnico Nedo Xavier sacou o meia-atacante Clébson para a entrada de Luiz Eduardo, compactando o Boa Esporte para suportar a pressão vindoura dos donos casa, que passaram a ter superioridade no número de jogadores em campo, mas não no jogo. O time boveta foi ameaçado, porém, tentou cadenciar a partida para deixar o tempo passar.

Os poucos torcedores do Vila Nova que marcaram presença no Serra Dourada perderam a paciência com o time, e com 15 minutos já era possível ouvir vaias das arquibancadas. Mesmo com um jogador a mais em campo, os donos da casa mostraram que falta qualidade para o time, que segue sem vencer na Série B do Brasileiro.

FICHA TÉCNICA -  VILA NOVA-GO 0x2 BOA ESPORTE-MG

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 15 de julho de 2014, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Martins Diniz (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Risley Pinheiro Martins (DF)
Cartões amarelos: João Paulo e Jheimy (Vila Nova-GO); Thiago Carvalho e Fernando Karanga (Boa Esporte)
Cartão vermelho: Leandro Silva (Boa Esporte)

GOLS:
BOA ESPORTE-MG: João Paulo (contra, aos 20’) e Eric (aos 40 minutos do primeiro tempo)

VILA NOVA-GO: Toni; Léo Rodrigues, João Paulo, Gabriel e Christiano; Jefferson (Hugo), Arthur (Jheimy), Radamés e Paulinho; Thiago Silvy e Dimba (Evandro)
Técnico: Márcio Goiano

BOA ESPORTE-MG: João Carlos; Eric, Thiago Carvalho, Leandro Silva e Marinho Donizete; Vinicius Hess, Wellington, Tomás e Clébson (Luiz Eduardo); Uálisson Pikachu (Diego) e Fernando Karanga
Técnico: Nedo Xavier

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.