Tamanho do texto

Com gol nos acréscimos do segundo tempo, time catarinense consegue vencer e fica a dois pontos do G4 na Segundona

Na volta da Série B do Campeonato Brasileiro , o torcedor sofreu com o frio e a emoção na Ressacada. Em jogo com uma expulsão para cada lado ainda no primeiro tempo, o Avaí saiu atrás no placar e ainda perdeu pênalti com Cléber Santana, mas, nos acréscimos, conseguiu a virada para vencer o Atlético-GO por 2 a 1.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

O gol que garantiu os três pontos e a proximidade dos catarinenses da faixa que dá vaga na primeira divisão saiu aos 46 minutos do segundo tempo, em cabeçada de Diego Felipe. Uma mudança de um cenário que parecia temeroso para o time azul e branco.

Os goianos abriram o placar aos 11 minutos, em cabeçada de André Luis, e, ainda no primeiro tempo, os catarinenses ficaram com um a menos após carrinho de Antônio Carlos sobre Jorginho, aos 26 minutos. Nos acréscimos da etapa inicial, contudo, Artur foi expulso por cometer pênalti e a igualdade numérica não se transferiu em placar por culpa de Cléber Santana.

Aos cinco minutos do segundo tempo, porém, Pablo empatou e Diego Felipe garantiu, quase no fim do jogo, a conquista de mais três pontos para o Avaí, que agora tem 17 e pode sonhar em entrar na zona de acesso na sexta-feira, quando recebe a Ponte Preta às 21h50 (de Brasília). Já o Atlético-GO, estacionado nos 11 pontos, segue sob sério risco de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA -  AVAÍ 2 X 1 ATLÉTICO-GO

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 15 de julho de 2014, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Avelar Rodrigo da Silva (Ceará)
Assistentes: Thiago Gomes Brigido e Carolina Romanholi Melo (ambos do Ceará)
Cartões amarelos: Pablo, Thiago Carleto e Marquinhos (Avaí); Jonas, Wagner Carioca, Jorginho, Diogo Campos e Josimar (Atlético-GO)
Cartões vermelhos: Antonio Carlos (Avaí); Artur (Atlético-GO)

Gols:
AVAÍ: Pablo, aos cinco, e Diego Felipe, aos 46 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-GO: André Luis, aos 11 minutos do primeiro tempo

AVAÍ: Vagner; Bocão (Júlio César), Antonio Carlos, Pablo e Thiago Carleto; Eduardo Costa, Diego Felipe, Cleber Santana e Marquinhos (Bruno Maia); Anderson Lopes e Paulo Sérgio (Héber)
Técnico: Geninho

ATLÉTICO-GO: Márcio; Jonas, Artur, Lino e Victor Oliveira; Marcus Winícius, Wagner Carioca (Léo), Jorginho (Diogo Campos) e Pedro Bambu; André Luís e Josimar (Adriano Alves)
Técnico: Hélio dos Anjos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.