Tamanho do texto

Escalação deles na partida depende da avaliação do treinador, que pretende analisá-los depois da participação na Copa

Victor, goleiro do Atlético-MG
Flickr/Atltético-MG
Victor, goleiro do Atlético-MG

Após participarem da Copa do Mundo com a seleção brasileira, o goleiro Victor e o atacante Jô irão se apresentar ao técnico Levir Culpi nesta segunda-feira, em Ezeiza, na Argentina. É lá que o Atlético-MG se prepara para o jogo de ida da Recopa Sul-Americana contra o Lanús, nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Estádio La Fortaleza.

A escalação deles na partida depende da avaliação do treinador, que pretende analisá-los inclusive no aspecto emocional após o fracasso no Mundial. "Vamos dar todo apoio que eles precisarem, ainda mais depois do que aconteceu. Vamos observar a chegada deles aqui, como está a situação".

De acordo com Levir, Victor tem mais chances de iniciar a partida contra o Lanús. "A princípio, uma ideia inicial apenas, está mais para o Victor do que para o Jô. Mas vamos ver como eles vão chegar".

O arqueiro Giovanni e o atacante André têm treinado entre os titulares como substitutos dos companheiros que estavam com a Seleção Brasileira.

Assim, a provável escalação da equipe é: Victor (Giovanni); Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Emerson Conceição; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho Gaúcho e Maicosuel; Diego Tardelli e André (Jô).

Para a partida desta quarta-feira, o técnico já projeta mudanças no estilo de jogo do Atlético-MG e espera que as modificações permaneçam para o restante da temporada. "Pelas características dos nossos jogadores, quero ver um futebol rápido, de toque, com criatividade e finalização, não na base de cruzamentos, mas de toques rápidos, posse de bola com jogadas rápidas, penso que podemos fazer um time assim".

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.