Meia deve viajar para negociar a multa de 500 mil dólares que precisa pagar ao clube brasileiro

A novela entre o argentino Romagnoli e o Bahia parece estar próxima do fim. O meia deve viajar para negociar a multa de 500 mil dólares que deve pagar ao clube depois do não cumprimento de seu pré-contrato com o time brasileiro.

A direção do Bahia prometeu a vinda do camisa 10 caso alcançasse a marca de 30 mil sócios. Com isso, o Bahia iniciou as conversas com Leandro Romagnoli, que atua pelo San Lorenzo, da Argentina. Os detalhes da contratação foram acertados e o jogador recebeu uma quantia de 50 mil dólares para a assinatura do pré-contrato.

Assim, após o fim do vínculo com o clube argentino, no final do mês de junho, ele teria a obrigação de desembarcar em Salvador, o que não aconteceu. Devido ao sucesso do San Lorenzo na Libertadores e ao apelo da torcida para sua permanência, o meia desistiu do futebol brasileiro. Por isso, o Bahia cobra agora a multa rescisória, no valor de dez vezes o que foi pago na assinatura do pré-contrato.

Romagnoli aguarda a autorização da Fifa para jogar diante do Bolívar, no dia 23 deste mês, pelas semifinais da Libertadores. Uma vez liberado para atuar, o argentino deverá vir ao Brasil para negociar o pagamento dos 500 mil dólares de multa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.