Criticado pelos torcedores e pelo próprio técnico que o dirigiu na Copa do Mundo, atacante apagou rapidamente o post que deve dificultar ainda mais sua permanência no futebol italiano

Reuters

Foto que Mario Balotelli postou em seu Twitter com a legenda
Twitter/Reprodução
Foto que Mario Balotelli postou em seu Twitter com a legenda "Um beijo aos inimigos". Foto foi excluída pouco depois.

Mario Balotelli, atacante da seleção da Itália , criou uma nova polêmica ao publicar uma foto de si mesmo no Instagram apontando uma arma para a câmera com a mensagem “um grande beijo para todos os que odeiam”.

O jogador do Milan retirou a foto rapidamente, mas sua gafe mais recente não o ajudará em seu país, onde é alvo frequente de racismo e foi muito criticado por seu desempenho na decepcionante campanha de seu time na Copa do Mundo.

O atacante marcou o gol decisivo na vitória de 2 x 1 sobre a Inglaterra no jogo de estreia, mas de resto não impressionou, e os italianos foram eliminados ainda na fase de grupos. A má atuação do atleta de 23 anos na derrota de 1 x 0 para o Uruguai que mandou a Itália para casa, na qual ele recebeu um cartão amarelo por dar uma joelhada na nuca de Álvaro Pereira e acabou sendo substituído no intervalo, em especial, revoltou os torcedores.

Depois de renunciar como técnico do combinado italiano, Cesare Prandelli também criticou Balotelli, dizendo que ele não é "um campeão". “Se ele quiser se tornar um campeão, tem que viver no mundo real, e não em sua realidade virtual”, afirmou na terça-feira.

Uma série de vexames anteriores, como atirar um dardo em um companheiro de seu ex-time Manchester City em 2011, também colocou a posição de Balotelli no Milan em dúvida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.