Atacante não quer voltar para o Metalist e espera acerto entre os clubes. Ucranianos pedem 4 milhões de euros para vender o atleta em definitivo, mas valores são considerados altos

Willian deseja continuar no Cruzeiro
DENIS DIAS/Gazeta Press
Willian deseja continuar no Cruzeiro

O Cruzeiro retornou ao Brasil após um período de intertemporada nos Estados Unidos , e agora a diretoria do clube terá que trabalhar para tentar renovar o contrato do atacante Willian, que termina na próxima semana. O jogador pertence ao Metalist, que pede 4 milhões de euros para liberar o atleta em definitivo.

A cúpula do Cruzeiro não aceita pagar os valores pedidos e fez uma contraproposta, mas ainda não recebeu a resposta dos ucranianos. A imprensa da Ucrânia chegou a noticiar que o Metalist teria aceitado uma oferta de 4 milhões de euros divididos em duas parcelas, mas nenhum dos dois clubes confirmou o negócio.

Mesmo com o impasse, Willian seguiu com o elenco para os Estados Unidos e jogou os amistosos, a agora aguarda uma solução para o problema. O jogador não esconde que quer ficar no Brasil, de preferência no Cruzeiro, mas ainda não sabe que o pode acontecer. Um dos motivos para Willian querer ficar e a crise que a Ucrânia enfrenta com a Rússia.

Nas últimas semanas, os conflitos diminuíram em intensidade, mesmo assim, Willian não quer voltar. Além do Cruzeiro, o Corinthians também estaria interessado em ter os trabalhos de Willian. Durante a intertemporada, a Raposa contratou Neílton e Marquinhos, que podem fazer a função de Willian, o que é um indicativo que a permanência do atacante é difícil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.