Aprimorando suas condições físicas, Fernando Prass deu sequência ao tratamento; Felipe Menezes, por sua vez, correu em torno do gramado, mas deve ser desfalque contra o Santos

O atacante Pablo Mouche em treino do Palmeiras
Divulgação/Palmeiras
O atacante Pablo Mouche em treino do Palmeiras

A vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta, na última quinta-feira, não diminuiu a intensidade dos treinos do Palmeiras , muito pelo contrário. No dia seguinte ao triunfo, o elenco  voltou à Academia de Futebol para aprimorar fundamentos básicos e jogadas de bola parada. A tarde marcou também o retorno de três atletas aos treinos com bola.

Os jogadores deram início à atividade com fortalecimento do abdômen em colchonetes e os exercícios foram intercalados com atividades de potência. A partir daí, o elenco foi dividido em dois para a sequência do treinamento. Os principais zagueiros e atacantes trabalharam cruzamentos à área, com passes de Bruno César, Mendieta, Valdívia e Mouche, sendo que este último está livre de incômodos musculares. O restante do elenco aprimorou finalizações a gol.

Além de Mouche, os zagueiros Thiago Martins e Victorino também participaram normalmente do treinamento. O primeiro está recuperado de grave lesão no joelho direito, enquanto o segundo livrou-se de dores musculares. Melhorando suas condições físicas, Fernando Prass deu sequência ao tratamento e Felipe Menezes correu em torno do gramado.

No entanto, o meia, que torceu o tornozelo esquerdo em um treino em Atibaia há dez dias, deve ser desfalque no clássico contra o Santos, na volta do Campeonato Brasileiro, devido às dores na região.  Em geral, o tratamento para entorses leves no tornozelo dura de 15 a 20 dias. Como o jogador se lesionou no final do mês de junho, a expectativa é que esteja em condições físicas ideais para enfrentar o Cruzeiro, no próximo dia 20.

Sem poder contar com o meia, Gareca tem armado o meio-campo palmeirense com Marcelo Oliveira, Renato, Wesley e Valdívia. Além do desfalque no setor de armação, o técnico ainda tem que buscar soluções para as vagas dos suplentes Lúcio e Henrique.

*Com Gazeta


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.