Companheiros de time, como Dedé e Tinga, chegaram a promover uma campanha na internet para que atacante não fosse negociado

Luan, atacante que está de saída do Cruzeiro
Vipcomm
Luan, atacante que está de saída do Cruzeiro

Os jogadores do Cruzeiro fizeram o possível para a diretoria do clube declinar da ideia de liberar o atacante Luan, mas não deu certo, e o jogador terá como destino o Al Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos. Uma campanha pela internet chegou a ser organizada por Dedé, Mayke e Tinga, mostrando que Luan era querido pelos companheiros.

Nos Emirados Árabes Luan terá como treinador o brasileiro Paulo Bonamigo, o que motivou o jogador no desafio de deixar o futebol brasileiro. O atacante já atuou no futebol da França e quer voltar a jogar no exterior, conquistando mercado.

"Será muito diferente de tudo. Nunca tive medo de enfrentar novas situações ou dificuldades. Fui muito novo para a França e joguei. Agora tive propostas do Brasil, mas optei em sair neste momento. O próprio Palmeiras me procurou para retornar, o Grêmio queria minha contratação. Achei melhor sair, viver uma nova experiência. Vou jogar num clube com o mesmo objetivo que sempre tive na minha carreira, de vencer e ser campeão", disse o jogador por meio de sua assessoria.

Sobre a campanha dos jogadores do Cruzeiro para que ele permanecesse na Toca da Raposa, Luan ficou satisfeito e agradeceu os colegas do clube celeste. "Só tenho que agradecer ao Cruzeiro pela oportunidade. Encontrei um grupo do bem. Fui muito feliz em Belo Horizonte e joguei no melhor time do Brasil na atualidade", concluiu.

* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.