Argentino assinou contrato de cinco anos e já faz parte do elenco que treina em Atibaia durante parada da Copa

Pablo Mouche assina contrato com o Palmeiras
Fábio Menotti / Palmeiras
Pablo Mouche assina contrato com o Palmeiras

O Palmeiras anunciou oficialmente, na manhã desta sexta-feira, a contratação do argentino Pablo Mouche. O argentino assinou com o time por cinco anos e já faz parte do elenco que está treinando em Atibaia durante a parada da Copa do Mundo.

"A expectativa é grande. Estou muito feliz com todos que colaboraram para eu chegar aqui. É um desafio e uma oportunidade muito grande. Espero corresponder toda essa confiança que depositaram em mim para vestir a camisa do Palmeiras. Darei o máximo em campo, suarei a camisa e darei alegria a todos fazendo boas partidas. Quero ficar na história", afirma Mouche, que é o quinto estrangeiro do elenco palmeirense.

Ele junta-se à legião de sul-americanos do clube, composta pelo técnico Ricardo Gareca e pelos atletas Victorino, Eguren, Mendieta e Tobio, sendo que o último foi contratado na última quinta-feira.

Segundo reforço argentino da semana, Mouche garante que os companheiros estrangeiros serão essenciais para sua adaptação."É uma ajuda muito grande ter jogadores estrangeiros no elenco, além de um corpo técnico que já conheço. Acredito que me ajudará muito", planeja o atacante, projetando sucesso sob comando do treinador compatriota. "Estou muito contente. Na verdade, com muita esperança de que as coisas caminharão bem. O Ricardo é um técnico com muita experiência e que teve bons resultados no Vélez (Sarsfield). Espero que a gente possa fazer um grande trabalho juntos e cumprir o objetivo da instituição, que é conseguir um título", completa.

O atacante ganhou notoriedade ao atuar seis anos pelo Boca Juniors. O bom futebol na Argentina chamou atenção do Kayserispor, da Turquia, clube no qual Mouche disputou as duas últimas temporadas. Aos 26 anos, ele agora chega ao Brasil para ajudar o Palmeiras a conquistar uma taça no ano do centenário do clube.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.