Tamanho do texto

Após treinos e amistosos nos Estados Unidos, Ganso se mostra confiante sobre o Brasileirão: "Temos tudo para conquistar esse título"

Muricy Ramalho comanda o São Paulo em amistoso nos EUA
Site oficial/SPFC
Muricy Ramalho comanda o São Paulo em amistoso nos EUA

O São Paulo ficou 13 dias em Orlando, nos Estados Unidos, para aprimorar a parte tática, técnica e física dos jogadores, além de realizar amistosos e jogos-treino visando o entrosamento da equipe. No entanto, para o técnico Muricy Ramalho, outro importante fator foi trabalhado nessas quase duas semanas fora do Brasil: a união do grupo.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

“A gente tinha que cuidar das partes física, técnica e tática, mas também tínhamos de fazer os jogadores ficarem juntos. E isso foi o mais importante. O lado do grupo é fundamental. Eles se relacionaram muito bem, a disciplina foi ótima. Treinamento é normal, todos fazem, mas grupo é fundamental. Foi muito bom ficar junto esse período, porque um time de futebol precisa dessa união", explicou o comandante são-paulino.

Aparentemente mais calmo em Orlando, o exigente treinador exaltou a tranquilidade do Omni Resort at Championsgate, local onde o time ficou hospedado, e afirmou que isso influenciou no bom astral do elenco. "O lugar tem um bom astral, é excelente em relação a atendimento, educação das pessoas no dia a dia, no refeitório. Estamos levando um bom astral, é tudo verde, limpo. Tenho certeza que estamos levando coisas muito positivas daqui. Agradeço às pessoas que nos atenderam no hotel, no campo e na cidade. Vai ajudar bastante esse período", avaliou Muricy.

Mesmo treinando em uma estrutura de alto nível, o estrategista do São Paulo avisou também que não é bom para os atletas ficarem muito tempo longe de casa: "Claro que aqui é ótimo, mas temos família. O legal é que passou rápido. O lugar é tranquilo para trabalhar e passear. Os meninos aprenderam culturalmente, mas está na hora de voltar. Não é fácil ficar tanto tempo longe de casa, eles estão chiando lá".

Ganso

O meia Paulo Henrique Ganso é outro que vê com bons olhos a intertemporada em solo norte-americano e acredita que a equipe esteja mais preparada para conquistar títulos. "Foram duas semanas de treinos e entrosamos a equipe na nossa forma de jogar taticamente. A equipe está se preparando para voltar com tudo e tentar levar o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil", disse o camisa oito, que marcou um gol no jogo-treino da última quinta-feira, contra o Ocala Stampede.

Quarto colocado na tabela do Brasileirão, com 16 pontos, apenas três atrás do líder Cruzeiro, o São Paulo é favorito ao título, segundo o meia são-paulino: "Estamos próximos do líder, estamos na briga e vamos voltar muito fortes. Temos tudo para conquistar esse título".

O elenco embarca rumo ao Brasil no início da noite desta sexta-feira e desembarca em Guarulhos na manhã deste sábado. Em seguida, Muricy e companhia terão mais duas semanas para treinar até o duelo com o Bahia, que será o primeiro do time na volta do nacional. O jogo, válido pela décima rodada da competição, acontece dia 16 de julho, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.