Dirigente perdeu espaço com a remodelação do departamento de futebol e deixa o time depois de oito meses de trabalho

O Náutico anunciou na manhã deste sábado, em seu site oficial, a saída do gerente de futebol Lúcio Surubim. Paulo Henrique Guerra, anteriormente apenas diretor, deve ocupar o cargo e começar a responder de forma mais direta sobre os bastidores do clube.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B

Surubim ficou pouco mais de oito meses no Náutico. Ele chegou em setembro do ano passado, na gestão de Paulo Wanderley. Embora a oposição tenha vencido as eleições de dezembro, ele continuou no cargo.

Porém, a situação ficou instável neste ano. Após problemas com o ex-técnico Lisca e os fracassos na Copa do Nordeste e no Campeonato Pernambucano, as críticas dos torcedores acerca de seu trabalho aumentaram. Assim, com a remodelação do departamento de futebol, Lúcio Surubim acabou sendo deixado de lado.

Confira a nota oficial de desligamento:

"Mantendo a bandeira da transparência, o Náutico, na manhã deste sábado (14), vem por meio de nota informar que o gerente de futebol, Lúcio Surubim, não faz mais parte dos planos do clube para o restante da temporada.

O Clube Náutico Capibaribe agradece a Lúcio Surubim pelos serviços prestados, primeiro como jogador e ídolo da torcida alvirrubra, e, recentemente, como gerente de futebol. Deseja, ainda, toda a sorte para o ex-colaborador, tendo a certeza de que, durante todo o tempo em que foi funcionário da agremiação, sempre teve uma postura correta e eficiente na função que lhe foi designada".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.